Browse By

51 amostras de cafés das comunidades rurais são avaliadas em concurso

A qualidade do café produzido na zona rural de Poços de Caldas foi avaliada durante a 11ª edição do Concurso de Qualidade de Cafés realizada no último fim de semana. As provas sensoriais foram realizadas pela primeira vez nas próprias comunidades rurais.

Pela primeira vez a prova sensorial foi realizada nas comunidades rurais

Foram avaliadas 13 amostras no Córrego D’antas, 8 na Fazenda Aparecida, 19 na comunidade do Souza e 11 na Boa Vista.

As avaliações foram feitas por seis provadores oficiais, com apoio de alunos do IF Sul de Minas/Campus Machado, coordenados pelo professor Leandro Carlos de Paiva. Os produtores e o público presente também puderam fazer a prova dos cafés, contando para isso com orientação de profissionais especializados.

O vice-prefeito, Flávio Faria, também titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET), participou da cerimônia de abertura das provas e citou a importância econômica do café para a região. Para ele, o crescimento do concurso, que este ano conta com 55 participantes, se deve a união de produtores, entidades de fomento e empresários, que têm como objetivo aproximar os cafeicultores, incentivar o trabalhador rural e agregar maior valor à produção.

Vanessa Barzagli, coordenadora da Divisão de Fomento Agropecuário da SMDET, avalia positivamente a realização das provas sensoriais nas próprias comunidades rurais. O produtor teve a oportunidade de acompanhar o processo e, ainda, pode provar o próprio café.

Premiação
Nessa fase do concurso, só são conhecidas as notas mínimas e máximas de cada região. A classificação geral só será divulgada no dia 13 de outubro, a partir das 14h, no evento final no Palace Casino. Nessa data, acontecerá a premiação dos melhores cafés e, ainda, sorteios de brindes fornecidos pelos patrocinadores.

O concurso é realizado anualmente pela Prefeitura, através da SMDET, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais, CaféPoços, Sebrae, IF Sul de Minas (campus Machado), Cafés Vulcânicos e Emater.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *