Navegue por

Envolvidos no rapto do bebê serão levados para Cabo Verde

As quatro pessoas presas pela polícia civil na noite desta quinta-feira, 10, por envolvimento no rapto da pequena Yasmim serão levadas para o presídio de Cabo Verde na manhã desta sexta-feira. Elas passaram a noite na Delegacia Regional da Polícia Civil onde prestaram depoimento.

Envolvidos no rapto serão levados para o presídio de Cabo Verde – foto Polícia Civil

Entre os envolvidos estão a raptora, a filha dela de apenas 13 anos, a nora e o taxista de Cabo Verde que levou a suspeita e a criança até um sítio na zona rural entre Espírito Santo do Pinhal e Mogi Guaçu, interior de São Paulo, onde foram encontrados pela polícia civil, 10 horas depois da comunicação do rapto.

A princípio a informação era que a mulher teria fugido em um ônibus e toda mobilização foi voltada para tentar localizar o veículo, quando na verdade a investigação apurou que um taxi foi utilizado para fazer o transporte.

Após o registro do rapto iniciou um intenso trabalho entre as policias militar e civil de Poços de Caldas, Botelhos, Cabo Verde e Andradas e por meio de investigação chegou a informação de que a criança havia sido levada em um taxi conduzido por um taxista de 69 anos de Cabo Verde.

Momento em que a polícia chegou no sítio – foto Polícia Civil

Dando continuidade as investigações os policiais chegaram até o sítio onde a suspeita morava com a família. Em depoimento à polícia ela disse que usou medicamentos para o tratamento de depressão para dopar a mãe e que raptou a criança para cria-la como filha.

Relembre o caso

Yasmim será devolvida à mãe que permaneceu internada desde ontem no hospital nesta manhã. Os envolvidos devem responder por rapto, cárcere privado e formação de quadrilha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *