Navegue por

Xadrez Gigante volta a funcionar

Depois de ficar por mais de um ano sem atividade, o Xadrez Gigante localizado na Praça dos Imigrantes voltou a funcionar no último fim de semana.

As peças vão ficar disponíveis à população das 8h às 17h de segunda a sábado, e das 8h às 14h, no domingo

O equipamento foi entregue a população na tarde de sábado, 11, todo revitalizado e com as 32 peças completas.

O local é bastante apreciado por turistas e jogadores do esporte em geral. Durante o evento, haverá enxadristas orientando a comunidade e participando de partidas. “Vamos realizar partidas de xadrez e todo mundo vai poder participar”, informa o secretário de Turismo, Ricardo Fonseca. 

A princípio, as peças vão ficar disponíveis à população das 8h às 17h de segunda a sábado, e das 8h às 14h, no domingo, horário em que funciona o Centro de Informações Turísticas (CIT), na Fepasa, responsável pela manutenção do ponto turístico. 

No fim do ano passado, o Xadrez foi alvo de vandalismo e teve 7 peças furtadas por seis universitários que foram identificados e detidos pela polícia civil no mês de maio deste ano. As peças estavam nas repúblicas dos estudantes.

Aulas de xadrez

A Prefeitura promove aulas de xadrez e partidas nas bibliotecas municipais e no Museu Histórico e Geográfico. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3697-2115. 

3 thoughts on “Xadrez Gigante volta a funcionar”

  1. chico says:

    Obrigado por esta tão boa noticia. Agora faltem que recuperem a nossa querida Casa de Chá do Recanto Japonês. O que isto , Povo de Poços, costumávamos ser mais civilizados, além de que costumávamos amar a nossa terra mais.

  2. chico says:

    Somente a corrigir:

    Obrigado por esta tão boa noticia. Agora falta que recuperem a nossa querida Casa de Chá do Recanto Japonês. O que isto , Povo de Poços, costumávamos ser mais civilizados, além de que costumávamos amar a nossa terra mais.

  3. chico says:

    Não se esqueçam de nos dar noticias acerca dos vândalos que cometeram este crime. Será que serão responsabilizados pelos danos, materiais e morais, que nos causaram?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *