Navegue por

Golpe da arara: Polícia recupera carga de sementes avaliada em R$ 90 mil

Dando continuidade às investigações da Operação Duplicata Fantasma, a Polícia Civil de Poços e Caldas recuperou uma carga de sementes comprada em Monte Santo de Minas, avaliada em R$ 90 mil. A carga estava junto de um caminhão em um galpão na Avenida Virgílio Silva na Zona Leste da cidade.

Prejuízo agora ultrapassar a casa dos R$ 300 mil

O dono do galpão procurou a Polícia depois que o caso veio à tona e desconfiou da mercadoria, uma vez que um dos envolvidos, Rodrigo Spartakus Arthur, preso com o grupo na segunda-feira, 27, havia pedido a ele para guardar a mercadoria no armazém.

No local a equipe da 3ª DRACO – Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado, constatou que a carga se tratava de objeto do golpe aplicado na empresa de sementes para pastagem de Monte Santo de Minas. O caminhão que pertence à empresa do suspeito também foi apreendido. Entenda o caso

Prejuízo com o golpe passa dos R$ 300 mil

Desde que a prisão dos seis suspeitos de participação em uma organização criminosa, dezenas de comerciantes já procuraram pela Polícia Civil dizendo serem vítimas do grupo.

Até o momento segundo o delegado titular da 3ª DRACO, Cleyson Brene, pelo menos 20 vítimas já foram identificadas. Entre elas o dono de um restaurante que forneceu marmitex para o grupo e não recebeu e ainda uma empresa especializada em máquinas de solda e insumos, outra loja de pneus e até mesmo aluguel de chácara.

Caminhão apreendido pertence ao suspeito Rodrigo Spartacus Artur, preso na segunda-feira

De início a polícia estimava um prejuízo na casa dos R$ 200 mil, mas com o surgimento de novas vítimas o montante já passa da casa dos R$ 300 mil.

Ainda de acordo com o delegado, o número de vítimas deve aumentar à medida que as investigações forem avançando e o restante da quadrilha deve ser preso numa segunda fase da operação.

Os suspeitos, Josué Faria Nogueira, 20 anos, Marcos Antônio da Silva, 42 anos, Pedro Joaquim de Souza, 29 anos, Rodrigo Spartacus Artur, 38 anos, Rodrigo Piva Veronesi, 25 anos, e Sidney de Souza Delfino de 33 anos permanecem presos após a prisão preventiva decretada e vão responder por estelionato e formação de quadrilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *