Browse By

Alunos de escolas públicas participaram de oficina de cinema

Terminou esta semana mais uma edição do projeto AnimatériA, de cinema de animação. Entre aulas práticas e teóricas, os participantes do projeto cultural comandado pela equipe da Oficina da Terra art studio, tiveram contato com o vasto mundo da animação nacional e internacional e produziram seus próprios filmes.

Animações ganham mais adeptos depois do desenvolvimento de projeto cultural pelos animadores da Oficina da Terra art studio – foto Kauan Caliari

AnimatériA aconteceu no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Dr. Tarso de Coimbra e na Escola Municipal José Mamud Assan, contou com mais de 60 alunos e foi patrocinado pelo Hotel Nacional através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Poços de Caldas.

Para chegar a produção dos filmes, em formato de curtas metragens, os alunos do AnimartériA tiveram a oportunidade de aprender diversas técnicas de cinema, principalmente a de animação de objetos, ou em linguagem da área, Stop Motion. Esteve na pauta das oficinas os principais representantes da técnica, com destaque para o contemporâneo PEZ, ilustre animador de objetos, que ficou famoso principalmente ao criar inusitados comerciais para a televisão.

Desenvolvido pelos animadores e artistas plásticos Rosana Lovato e Anderson Almeida, da Oficina das Terra art studio, o AnimatériA proporcionou aos participantes, um verdadeiro mergulho à sétima arte. Eles puderam entender e se apropriar do poder de comunicação de uma das invenções mais incríveis da humanidade. De acordo com Rô Lovato, ao longo do desenvolvimento do projeto, os filmes criados pelos alunos refletiram pensamentos, sentimentos e desejos.

Um dos filmes que se destacou ao longo do ano, foi criado no mês de setembro, depois de uma visita ao Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas e as Thermas Antônio Carlos, a convite do projeto Inter secretarial de educação patrimonial da Prefeitura de Poços de Caldas, “Você é Poços!” Além dessa produção, outros curtas dos participantes foram exibidos no dia 28 de outubro, onde se comemora o Dia Internacional da Animação.

Entre as últimas ações do ano, o projeto participou de uma especial oficina com o fotógrafo e também artista plástico, Sérgio Fernandes do projeto de Janela Mágica. A bordo do trailer Janela Mágica, vivenciaram o fazer fotográfico da formação da imagem dentro de uma caixa preta até sua fixagem no papel.

Experimentaram ainda as máquinas fotográficas de Pinhole ou Pin Hole, criadas por Sergio Fernandes. Para quem não sabe, o Pin Hole (buraco de agulha), é uma maneira de fazer fotos sem o uso de lentes, ou seja, usando apenas um caixa, lata ou qualquer compartimento com tampa (que faz o papel de câmara escura) e papel fotográfico ou filme.

O objetivo da equipe do AnimatériA, segundo Anderson Almeida, foi ilustrar com uma aula prática, o princípio da fotografia, no módulo do projeto que trata do assunto. “Então nada melhor que ver onde tudo começou e como o homem descobriu o fenômeno da fotografia”, conta. Todas essas informações e os filmes criados durante as oficina do projeto podem ser conferidas no blog: www.projetoanimateria.blogspot.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *