Browse By

Com alta no preço da gasolina, motoristas de Poços voltam a abastecer em São Paulo

Com o fim das promoções às segundas-feiras nos postos de combustível em Poços de Caldas e também com o preço elevado da gasolina nas bombas, desde o encerramento da greve dos caminhoneiros, muitos motoristas têm optado por abastecer nos municípios vizinhos, no Estado de São Paulo. A prática, que já não era mais comum na cidade quando a gasolina estava abaixo da casa dos R$ 4,00, reapareceu como alternativa aos poços-caldenses que precisam abastecer seus veículos.

Motoristas formaram filas no posto de Camestrinho no fim de semana para abastecer mais barato – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

O mais recente levantamento semanal de preço da Agência Nacional do Petróleo – ANP – aponta que Poços de Caldas é a terceira cidade em Minas Gerais com o maior preço da gasolina. Aqui, o combustível varia de R$ 4,91 a R$, 5,09 o litro. Nesta lista negativa, Poços fica atrás apenas de Janaúba, no norte do Estado, onde o valor do litro da gasolina varia de R$ 4,93 a R$ 5,09 e de Unaí, no noroeste de Minas, que tem a gasolina mais cara do Estado: R$ 5,38 o litro.

Poços tem também a gasolina mais cara em comparação com as outras três maiores cidades do Sul de Minas. Em Pouso Alegre, o litro do combustível varia de R$ 4,69 a R$ 4,99. Em Passos, o preço vai de R$ 4,71 a R$ 4,89 e, em Varginha, a variação é de R$ 4,57 a R$ 4,99.

Com o preço tão elevado, os motoristas de Poços têm abastecido no distrito de Campestrinho, na divisa dos dois estados. Lá, a diferença no preço chega a R$ 0,44 centavos por litro. O valor da gasolina para pagamento em dinheiro ou débito é de R$ 4,47 o litro. Já no crédito, o litro sai a R$ 4,59.

Em São João da Boa Vista/SP, o preço do litro da gasolina varia de R$ 3,99 a R$ 4,49, segundo a pesquisa da ANP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *