Browse By

Comerciantes comemoram a reabertura da Fonte dos Amores

Fechada desde o dia 6 de fevereiro a Fonte dos Amores foi reaberta na manhã desta quarta-feira, 7, para visitação de poços-caldenses e turistas. A reabertura foi autorizada pela Secretaria Municipal de Saúde, depois que a Funed – Fundação Ezequiel Dias, descartou a febre amarela como causadora da morte de um macaco encontrado no local. Por causa da suspeita de contaminação da doença, um dos principais pontos turísticos da cidade foi fechado preventivamente.

Comerciante estima um prejuízo de R$ 20 mil reais pelos dias fechados – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

Um mês depois os comerciantes reiniciam as atividades na expectativa de recuperar um prejuízo na casa dos R$ 20 mil pelos dias que o ponto comercial teve de ficar fechado, situação que impactou diretamente nas vendas.

De acordo com um dos comerciantes do local, Widi Marques, o prejuízo foi maior, pois o fechamento da Fonte dos Amores ocorreu 3 dias antes do carnaval, período em que era esperada uma grande quantidade de turistas.” Nós fomos pegos de surpresa com a decisão, pois havia preparado um estoque de mercadorias para receber os turistas que vêm pra cidade nos dias de carnaval.  Os produtos perecíveis tive que jogar fora por causa do prazo de validade. Mas como foi uma medida preventiva tomada pela Secretaria de Saúde tivermos que acatar à decisão,” comentou o comerciante, que estima uma média de 2 mil pessoas que visitam o local ao longo da semana.

Há 40 anos o ponto comercial na Fonte dos Amores tem sido a fonte de renda de 8 famílias que trabalham juntas com a venda de artesanato, alimentos e bebidas.

Pelos anos de convivência no local, Marques passou a conhecer mais de perto o dia a dia dos macacos que vivem por ali. Segundo ele atualmente existem aproximadamente 50 indivíduos divididos em 2 grupos. Os animais, principalmente os macacos-prego são considerados umas das atrações do ponto turístico, uma vez que estão mais acostumados à presença do homem e não se assustam facilmente, inclusive se alimentam nas mãos de turistas.

Com a reabertura o comerciante espera uma divulgação ampla que no local não há risco de febre amarela e que os visitantes possam retornar à Fonte dos Amores e assim recuperar um pouco do prejuízo com os dias parados. “Agora é arregaçar as mangas e reiniciar as atividades porque o nosso trabalho é com os turistas. A gente acredita que com uma divulgação grande que não há risco da doença na Fonte dos Amores os turistas vão voltar para nossa cidade “ finalizou Marques.

Segundo o secretário de Saúde, Carlos Mosconi, a decisão por fechar a Fonte dos Amores atendeu a uma recomendação do protocolo instituído pelo Ministério da Saúde para combate da doença. “Com o resultado negativo, nós podemos abrir a Fonte dos Amores para a visitação de todos. Foi muito importante tomar esta conduta, pois ela mostrou a nossa preocupação com a saúde tanto da população quanto dos nossos turistas. Eu lamento que o resultado tenha demorado todo este tempo para chegar e de toda maneira agradeço a compreensão das pessoas que ali trabalham mas ressalto que tudo foi feito, com a intenção de preservar a saúde de todos”, avaliou Mosconi.

Em Poços de Caldas o monitoramento continua sendo feito pela Secretaria de Saúde que tem orientado e deixado à disposição a vacina contra febre amarela para população que ainda não foi imunizada desde o ano passado quando os trabalhos preventivos foram intensificados.

Até o momento foi registrado na cidade apenas um caso importado de febre amarela, de uma paciente de 27 anos  que contraiu a doença em Atibaia no interior de São Paulo e que veio visitar familiares na cidade. Uma outra mulher de 26 anos internada com suspeita da doença teve o diagnóstico negativo após o envio do resultado de exames feitos pela Funed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *