Browse By

Futuro da Guarda Mirim será discutido hoje na Câmara

O possível fechamento da Guarda Mirim de Poços de Caldas será debatido na tarde desta sexta-feira, 26, durante uma audiência pública na Câmara Municipal de Poços de Caldas. Por determinação do Ministério Público do Trabalho de Pouso Alegre, o projeto que atende jovens de famílias de baixa renda há quase 50 anos, terá que se adequar às normas do sistema Menor Aprendiz ou encerrar as atividades em Poços.

Em 47 anos de existência mais de 14 mil jovens passaram pela Guarda Mirim – foto Poçoscom.com

A preocupação com o fim desse importante projeto levou a Câmara Municipal a propor uma audiência pública sobre o assunto, por meio de requerimento de autoria do presidente da Casa, vereador Antônio Carlos Pereira (DEM), assinado por todos os vereadores.

O Legislativo teve conhecimento da tramitação de uma ação judicial em que o Ministério Público do Trabalho requer a finalização do projeto da Guarda Mirim. A informação foi repassada à Câmara pela diretoria do Lions Clube de Poços de Caldas Urânio, que administra o serviço. No documento enviado ao Legislativo, o Lions Clube afirma que, durante 47 anos, incentivou a inserção do jovem poços-caldense no mercado de trabalho e que, nesse período, mais de 14 mil pessoas foram beneficiadas pelo projeto.

Pelas normas do Menor Aprendiz, os jovens devem estudar durante o dia nos cursos de capacitação credenciados e trabalhar nos dias em que não têm aula, sistema que não se aplica ao projeto da Guarda Mirim. Atualmente, os jovens beneficiados obrigatoriamente precisam estar matriculados e trabalham em empresas privadas e órgãos públicos, como Prefeitura e Câmara Municipal, de segunda a sexta-feira, com carga horária de 4 a 6 horas.

Segundo o presidente Antônio Carlos Pereira, o encerramento do serviço será prejudicial à comunidade e a centenas de jovens que têm na Guarda Mirim uma oportunidade de experiência para o primeiro emprego. “A Guarda Mirim tornou-se essencial para muitas famílias que confiam no projeto para manter seus filhos distantes de más companhias, convivendo com pessoas de bem e exercendo uma atividade importante. Dessa forma, estamos propondo uma audiência com o objetivo de compreender a situação que vem ocorrendo, buscar soluções para que o projeto tenha continuidade e receber as demandas e opiniões da população. Esperamos que seja um debate muito produtivo e que tenhamos bons resultados, ou seja, a continuidade do projeto Guarda Mirim”, disse.

O encontro será transmitido pela Internet no Portal da Câmara e nas páginas do Facebook e Youtube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *