Browse By

Poços 145 Anos – Uma Cidade Modelo

Poços  145 Anos – Uma Cidade Modelo

No início do século XX, Poços de Caldas tinha cerca de 600 imóveis e sua população ultrapassava três mil pessoas.

Vista parcial de Poços na década de 40 – foto Memória Poços de Caldas

Com ruas retas e amplas, a malha urbana era uma das mais perfeitas do interior do país. Compunham-na as praças Senador Godoy, Independência (atual Praça Francisco Escobar) e Colômbia, Hoje (Dom Pedro II ou, Praça dos Macacos), e, as ruas Saldanha Marinho, (Santa Catarina), Marques do Paraná, (Rua Assis Figueiredo), Rua da Saúde, (Minas Gerais), Tiradentes, (Goiás) Vai-e-Volta, (Barão do Campo Místico), Rua do Ipiranga, (Rua Paraná) Rua Dr. Brodowski, (Padre Feijó), do Colégio, (Dr. Francisco Faria Lobato) Rua Marques de Herval, (Rio Grande do Sul), Ferreira Lage, (Rua Barros Cobra), Rua do Riachuelo, (Rua Bahia, depois Rua prefeito Chagas), Rua dos Poços, (Hoje Rua Rio de Janeiro), Itororó, (Rua São Paulo), Rua da Vala, (Avenida Francisco Sales), sete de Setembro, (Marechal Deodoro) 7 de Março, (Pernambuco) Rua Direita (Rua Paraíba), Rua do Humaitá, (Ceará) Rua da Estação, (depois absolvida pela Rua Junqueiras), além de várias outras ruas ainda não nomeadas e identificadas apenas por números. E que mais tarde receberiam os nomes de Amazonas, e Mato Grosso. Com exceção das ruas do Ipiranga e, do Vai-e-Volta, todas tinham 20 metros de largura, contando as calçadas.

Vista da Praça Pedro Sanches na década de 40 – foto Memória de Poços de Caldas

A Rua do Ipiranga foi a primeira a se formar. A do Marques do Paraná era a mais longa. Com 1.520 metros e cortada pelos ribeirões da Serra, e de Caldas, conhecido também como ribeirão dos Poços. Sediava o principal comercio da cidade. Na sua esquina com a Rua da Vala estava o primeiro mercado de Poços de Caldas, construído em 1890.

Rua Assis Figueiredo na década de 40 – foto Memória Poços de Caldas

A Rua Marques de Herval com 1.500 metros era a segunda mais longa e ia até o Morro do Itororó.

A Praça Senador Godoy, ponto central da cidade, abrigava as Thermas. E os principais hotéis, restaurantes e casas de jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *