Browse By

Poços-caldense é aceito na Universidade de Harvard

O estudante poços-caldense, Pedro Xavier Paulino, será o mais novo integrante de uma das mais famosas universidades do mundo, Harvard, localizada em Cambridge, Massachusetts nos Estados Unidos. O comunicado da admissão na universidade foi emitido no último dia 12 de dezembro.

Foi preciso muita dedicação aos estudos e sacrifícios para ser aceito em Harvard – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

Ex-aluno do Colégio Jesus Maria José, Pedro que atualmente mora no Rio de Janeiro tirou uns dias de folga dos estudos para descansar em Poços de Caldas e ficar ao lado do pai, o empresário Pedro Aparecido Paulino, que está todo orgulhoso do filho mais velho.

Num bate papo descontraído em uma cafeteria da cidade o estudante falou com a reportagem do Poçoscom.com da emoção de ser aceito em Harvard. Uma meta que tinha em mente desde o ensino fundamental e que persistiu durante o ensino médio e durante o curso técnico de mecânica do CEFET no Rio de Janeiro. “Foi um processo bastante longo. É muito difícil você garantir uma aceitação em uma universidade como  Harvard, mas eu tinha boas expectativas para isso, desde o ensino médio comecei a ver as vias de fato para viabilizar este projeto. Fiz  uma boa aplicação com ajuda de vários programas que participei como o da Fundação Estudar, que auxilia estudantes que almejam ingressar em Harvard. Foram anos de dedicação e sacrifício,” destacou o estudante.

Aos 18 anos de idade, Pedro não esconde a afinidade e gosto pela área de exatas e ciências, prova disso já participou de várias Olimpíadas da Matemática no Brasil e também da Olimpíada Internacional Sem Fronteiras que garantiu classificação para a QUANTA 2016 realizada em novembro do ano passado na Índia. A equipe de Pedro ficou em segundo lugar na competição.

Ao lado do filho, Pedro Paulino não escondia o orgulho de ter um filho aceito em Harvard – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

O estudante que tem cidadania norte-americana participou de simulações na área de humanas na ONU – Organização das Nações Unidas. Pedro que já morou sozinho por um tempo nos Estados Unidos, adquiriu experiência em morar fora e espera não encontrar dificuldades ao estudar em Harvard.” O fato de eu ter cidadania norte-americana não foi um fator que facilitou a minha admissão. Eles não levam isso em conta e sim o conhecimento e as habilidades dentro do contexto da universidade,” justificou.

Pedro que se dedica até 6 horas de estudo em períodos de prova pretende até o dia 25 de agosto de 2018 dar uma desacelerada nos estudos e ocupar o tempo com uma viagem ou trabalhar em empresas financeiras colocando em prática o conhecimento adquirido em cursos e simulações.

Para quem que deseja e tem o sonho de um dia estudar em Harvard, Pedro recomenda passar pelos programas da Fundação Estudar e Brasa, que por de meio profissionais, mentores, ajudam os estudantes a se preparar e capacitar para o processo seletivo e oferecem aporte de experiência internacional.

Sobre Harvard

Fundada em 1636 Harvard é a mais antiga e conhecida universidade dos Estados Unidos. A universidade já formou mais de 323 mil alunos, entre eles 8 presidentes norte-americanos – John Kennedy, George W. Bush e Barack Obama, além de intelectuais, cientistas, líderes políticos, príncipes e celebridades. Do total de estudantes formados na universidade,  aproximadamente 52 mil deles são estrangeiros oriundos mais de 200 países.

Harvard controla cerca de US$ 37,6 bilhões, o maior fundo patrimonial dentre todas as universidades do mundo.  É uma reserva e tanto para investir em pesquisas, projetos e custeio de alunos talentosos que não têm condições de pagar pelos seus estudos.

Disposta a atrair os melhores talentos, a instituição emprega uma política de need-blind – ou seja, durante o processo seletivo não é levada em consideração a renda do candidatos. Os melhores são aceitos, possam eles pagar ou não pelos estudos. Àqueles que não podem, a universidade oferece bolsas de estudos que podem chegar a 100%%. ( fonte – Fundação Estudar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *