Browse By

Poços sedia Encontro Regional de Polícia Comunitária

Representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e integrantes de Conselhos Municipais de Segurança Pública participam, nesta quinta-feira, 7, do Encontro Regional de Polícia Comunitária, na subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Poços de Caldas.

Encontro reúne integrantes da PM, Civil e Corpo de Bombeiros – foto Audrey Rogério

O evento, que acontece nas sedes das Regiões Integradas de Segurança Pública, é promovido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública. De acordo com a superintendente da Escola Integrada de Segurança Pública, Renata Correia Lima Ignácio da Silva, o encontro visa à divulgação das ações de Polícia Comunitária realizadas pelos órgãos de segurança, para o conhecimento da população, estreitando a parceria com a sociedade civil.

O encontro visa ainda ao fortalecimento da integração entre PM, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. “A integração entre os órgãos de segurança e a parceria entre as instituições e a sociedade civil são imprescindíveis para a melhoria da segurança pública. Vindo ao interior, a Secretaria de Estado de Segurança Pública pode conhecer cada vez mais as necessidades e os problemas locais e, com isso, planejar melhor e junto com as instituições quais as medidas que podem ser tomadas”, destacou a superintendente.

Para o chefe do 18º Departamento de Polícia Civil, delegado Bráulio Stivanin Júnior, encontros como este são fundamentais para a integração entre a sociedade e os órgãos de segurança pública. “Entendemos que a filosofia da Polícia Comunitária é acertada e é bem vinda na nossa região e em qualquer sistema de segurança no mundo porque, na verdade, é um sistema extremamente moderno”, explica o delegado.

O chefe do 18º Departamento de Polícia Civil disse, ainda, que os problemas de criminalidade que assolam o Brasil atualmente são reflexos de algo anterior à própria criminalidade, como problemas sociais de diversos tipos, desde concentração de renda até a falta de acesso à educação. “Nós temos que deixar claro que segurança pública não se resolve apenas com polícia, mas se resolve com ajuda mútua e reunião de esforços de todos, para que a gente possa ter uma sociedade mais segura”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *