Browse By

Polícia Civil apresenta suspeitos presos durante operação contra lavagem de dinheiro e tráfico de drogas

A Polícia Civil de Poços de Caldas apresentou, na tarde desta terça-feira, 12, os seis suspeitos presos durante a operação “Audacium”, deflagrada na manhã da última segunda-feira. Os três homens presos eram responsáveis pela comercialização da droga, enquanto as três mulheres, sendo duas esposas e a mãe de um dos suspeitos, cuidavam das operações financeiras da quadrilha, por meio da lavagem do dinheiro do tráfico.

Suspeitos foram presos durante Operação Audacium – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

A operação, que contou com a participação de 100 policiais, além de cães da Polícia Civil, para o cumprimento de mais de 40 mandados de prisão, tinha como objetivo combater a lavagem de dinheiro e o tráfico no Bairro Vila Nova, especialmente na Avenida Coronel Virgílio Silva, onde a comercialização de drogas é intensa.

O balanço da operação e os suspeitos foram apresentados na Delegacia Regional de Polícia Civil, com a presença do chefe do 18º Departamento de Polícia Civil de Poços de Caldas, Braulio Stivanin Júnior, e do delegado regional, Gustavo Manzoli, que acompanharam de perto todo o desenrolar da operação, chefiada pelo delegado Cleysson Brene.

Ao todo foram apreendidos 7 carros avaliados em R$ 300 mil – foto Poçosocom/Roni Bispo

Foram quatro meses de investigação que, além das prisões, resultou ainda na apreensão de sete carros avaliados em aproximadamente R$ 300 mil e quatro armas de fogo. Também foram expedidas medidas cautelares para o sequestro de bens avaliados em mais de R$ 1 milhão, entre eles uma chácara na zona rural de Caldas, cujo valor ainda está sendo avaliado.

De acordo com o delegado Cleysson Brene, a operação foi um duro golpe no esquema da organização criminosa, que agia numa região bem próxima à delegacia de Polícia Civil, por isso o nome “Audacium”. Ainda segundo o delegado, esta foi a primeira fase da operação, que terá desdobramentos, com o cumprimento de mais mandados de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *