Browse By

Presidente do Chico Rei é premiada pelo Ministério da Cultura

A ativista negra poços-caldense e presidente do Centro Cultural Afro-brasileiro Chico Rei, Lucia Vera, foi contemplada através do Ministério da Cultura com o Prêmio de Culturas Populares – Edição Selma Coco na categoria de mestra da cultura popular.

Lucia Vera resgata e conscientiza a população sobre a importância da Cultura Negra

As ações desenvolvidas por Lúcia Vera enfatizam o papel da cultura negra na sociedade civil, em específico na cidade de Poços de Caldas. O trabalho desenvolvido por ela consiste no resgate e conscientização da população sobre a importância das vivências afro-brasileiras através das atividades que incluem oficinas de confecção de bonecas Abayomi, oficinas de produção de turbantes e contações de histórias sobre a cultura negra. Para além, as oficinas de contação de histórias estão articuladas com esquetes sociais que contemplam as temáticas abordadas na literatura e na oralidade e todas as oficinas (confecção das bonecas, amarração de turbante e contação de história) e propõe após a prática uma roda de conversa mediada pelos profissionais atuantes. As atividades são sempre gratuitas e em espaços públicos do município.

Ao todo foram agraciados 200 prêmios para iniciativas de mestres e mestras (pessoa física); 192 para iniciativas de grupos sem CNPJ; 77 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 11 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam), totalizando 500 prêmios. Lucia Vera ficou em 10º lugar entre 43 mestres e mestras premiados da região Sudeste, com a pontuação de 99,5 em 100. A elaboração e acompanhamento do projeto foram feitos pela Pomar Cultural, em parceria com as produtoras culturais Valéria Freitas e Larissa Freitas.

Sobre a mestra da cultura popular

Lúcia Vera atua há mais de 20 anos no Centro de Cultura Afro Brasileira Chico Rei, o qual se enquadra enquanto uma sociedade civil sem fins lucrativos. A entidade tem como objetivo a preservação dos valores culturais, educacionais, sociais e políticos da memória histórica e artística decorrentes da influência da população de origem africanas que cooperaram na formação da sociedade brasileira, e estudar, permanentemente os aspectos de interação da cultura de matizes africanas com pertinência a sua própria atuação no desenvolvimento do país, e os reflexos consequentes de seu relacionamento com as outras etnias que contribuíram para a construção da nação, propugnando pelo estímulo e incentivo a maior participação social, política, cultural, artística e educacional da população afrodescendente, e ainda, de incentivar o esporte, a preservação do meio ambiente e recursos hídricos, visando um maior índice de aproveitamento em todas as atividades e o congraçamento social, sem qualquer discriminação de raça (cor da pele), etnia, gênero, credo ou religião.

One thought on “Presidente do Chico Rei é premiada pelo Ministério da Cultura”

  1. Antônio T Menezes says:

    Parabéns ao Chico Rei e em especial a Lúcia Vera. Que as escolas do Município se beneficiem desta experiência de resgate e reconstrução da nossa história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *