Browse By

Presídio de Botelhos pode ser desativado

A informação foi dada pelo Subsecretário de Administração Prisional, Washington Clark dos Santos em visita que realiza esta semana nas unidades prisionais abrangidas pela 18ª Região Integrada de Segurança Pública.

Subsecretário( segundo da direita) veio ouvir demandas de diretores das unidades prisionais da região

Ontem à tarde, 3, o subsecretário esteve reunido com os diretores da unidades prisionais da região em um restaurante em Poços de Caldas. Um dos objetivos do encontro foi ouvir as demandas em prol de melhorias para os presídios e também analisar a desativação de duas unidades na região, o presídio de Botelhos e o de Itamogi, localizado no Sudoeste de Minas.

Atualmente a unidade de Botelhos está com 81 detentos quando a capacidade é para 56. O presídio hoje recebe presos de quatro municípios: Botelhos, Cabo Verde, Divisa Nova e Monte Belo, além de dos distritos de Palmeiral e São Gonçalo.

A redução do efetivo tem sido um dos motivos para o encerramento das atividades em algumas unidades no Estado. Foi o que já aconteceu em Cabo Verde e o caso mais recente com a unidade de Ibiraci que foi desativada nesta quarta-feira, 3.

De acordo com o subsecretário foi feito um relatório sobre a situação do presídio de Botelhos e posteriormente será decidido pelo fechamento da unidade ou não.

Com o projeto da horta comunitária, os detentos têm a oportunidade de se recuperar por meio do projeto

A unidade prisional de Botelhos tem sido destaque na prestação de serviços sociais por meio da horta comunitária implantada no presídio depois que a Suapi assumiu a administração.

Entidades como asilos, creches, escolas e Apae de Poços de Caldas e cidades vizinhas são beneficiadas toda semana com as hortaliças produzidas pelos 6 detentos responsáveis pelo cultivo e manejo da horta comunitária.

Ainda durante a visita, o subsecretário elogiou o trabalho desempenhado pelo diretor regional da 18ª Região Integrada de Segurança Pública, Adriano Souza da Silva, tanto no presídio de Poços de Caldas onde também é o diretor, bem como nas demais unidades juntamente com os outros diretores e coordenadores têm conseguido manter a ordem e o funcionamento das unidades prisionais na região.

O subsecretário ouviu as demandas e se comprometeu viabilizar as melhorias reivindicadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *