Browse By

Saúde bucal de alunos é avaliada pela Secretaria de Saúde

Por  meio de um levantamento epidemiológico da Saúde Bucal a Secretaria Municipal de Saúde em parceria em com a Secretaria Municipal de Educação quer saber como está a saúde bucal dos alunos de creches e de escolas públicas e particulares de Poços de Caldas.

Último levantamento epidemiológico da Saúde Bucal foi feito em 2016

O trabalho nas unidades escolares teve início neste mês e segue até novembro, mas antes os profissionais das equipes de Saúde Bucal da Estratégia de Saúde da Família participaram de encontros para atualização e capacitação teóricas e práticas.

A coordenadora do Serviço de Saúde Bucal, Cristiane Costa Silva, explica que o trabalho em creches e escolas do município, tanto públicas quanto particulares, precisa do apoio dos pais dos estudantes. “Estão sendo enviados aos pais, pedidos de autorização para que seus filhos sejam examinados pela equipe do levantamento epidemiológico. Trata-se de um procedimento rápido, que não causa nenhum desconforto, feito com materiais descartáveis e que não oferece nenhum risco. Além disso, os pais das crianças e dos jovens com necessidade de tratamento serão orientados a buscar o atendimento. É muito importante que os pais entendam a necessidade deste trabalho e colaborem conosco”.

Conforme orientação da OMS – Organização Mundial de Saúde, o levantamento é feito com crianças de 5 anos e jovens de 12 anos.

A Saúde Bucal em Poços oferece procedimentos preventivos, curativos e de urgência. São 12 equipes da Estratégia de Saúde da Família, com profissionais da saúde bucal. Além destas equipes, a Rede Municipal de Saúde conta com mais 19 dentistas, 8 técnicos e 3 auxiliares em Saúde Bucal da Atenção Básica, que atendem em 24 consultórios distribuídos em todas as áreas da cidade, inclusive na zona rural.

Já procedimentos de média e alta complexidade são realizados pelo CEO, Centro de Especialidades Odontológicas e pelo Hospital Santa Casa, respectivamente. Havendo necessidade por atendimento odontológico, o primeiro passo é procurar a unidade básica de saúde mais próxima de casa para orientação e encaminhamento.

O último levantamento epidemiológico de Saúde Bucal foi realizado em Poços, em 2016. “Trata-se de um passo essencial para conhecer como está a saúde bucal da população pesquisada, monitorar os resultados das ações já implementadas e ao mesmo tempo, trazer subsídios importantes para nortear as futuras ações”, finalizou o secretário de Saúde, Flávio Togni de Lima e Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *