Browse By

Trabalhadores da limpeza Pública Trabalhando em Condição Insalubre

Fotos – Poçoscom.com/ Roberto Tereziano

Os funcionários públicos responsáveis pela limpeza dos parques e jardins da área central da cidade convivem diariamente com uma situação nova relacionada aos moradores de rua que dormem no coreto, na boca do leão e outros pontos da cidade.

É que aqueles moradores, que não  poucos, após o sono noturno, deixam nos locais onde dormiram, alguns pertences,  e ainda cobertores, papelão que foram usados como colchões, etc.

Só que nos últimos tempos, alguns dos “hospedes” estão indo mais além: No leãozinho, por exemplo, arrombam as portas da fonte para colocar os bancos que servirão de cama.

Destroem a parte elétrica para que as luzes não atrapalhem com a claridade, o sono noturno e o que é pior: Ainda fazem suas necessidades fisiológicas no chão do “quarto” onde dormem.

 

Quase que diariamente o local está tomado por urina e fezes – Fotos Poçoscom.com/Roberto Tereziano

Ao chegar pela manhã, funcionários que nem sempre recebem equipamento de proteção individual adequado, como mascaras, luvas ou calçados especiais, e nem ganham adicional por trabalhar em condições insalubres. Ainda tem que limpar fezes e urinas dos “hóspedes”da noite.  O mau cheiro fica impregnado no local.

 

Em certos dias o abuso chega a tal ponto que se faz necessário pedir um caminhão tanque para se lavar o local.

Resta, além dos prejuízos para o patrimônio público, encontrar uma solução verdadeira para a questão dos moradores de rua e para os riscos à saúde de tais funcionários. Roberto Tereziano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *