Browse By

Whisky falsificado: Vídeo de professor de química poços-caldense ensinando a identificar bebida adultera tem quase 3 milhões de acessos

Famoso nas redes sociais por meio do projeto Química para Haters, que encontrou uma forma descontraída e criativa de ensinar química na internet, o professor poços-caldense, Luís Felipe Costa juntamente com a esposa Fernanda Leite Garcia, criaram um vídeo sobre que dá dicas sobre como identificar whisky falsificado. O conteúdo foi postado na última quinta-feira, 4, e fez tanto sucesso que em 24 horas já contava com mais de 2 milhões de visualizações. Até ontem, dia 5, o número de visualizações já atingia a casa dos 2,9 milhões.

Vídeo com pouco mais de 2 minutos virou viral nas redes sociais – foto divulgação

O vídeo explica uma maneira muito simples de identificar se o whisky é falsificado: a experiência consiste em apenas pingar o líquido em uma fatia de pão. Se a bebida tiver sido colorizada com iodo, o pão adquire uma coloração preta. Isso acontece porque o amido presente no pão entra em contato com o iodo e altera a estrutura formada pela molécula.

O vídeo fez tanto sucesso que foi compartilhado mais de 110 mil vezes no Facebook e também nos grupos de whatsapp. Fernanda conta que recebeu mensagens de amigos de todo o país com prints de grupos onde o vídeo foi compartilhado.

A página do projeto, que até quarta-feira (3) contava com cerca de 8 mil curtidas, hoje já ultrapassa 35 mil. O casal montou o projeto para lecionar Química na internet em julho de 2017. Luís Felipe, que é professor de Química, cuida da criação do conteúdo e Fernanda, que é publicitária, é quem filma e edita os vídeos.

Para assistir ao vídeo que ensina a identificar whisky falsificado basta clicar aqui

Lembrando que independente do whisky ser falsificado ou não, se você é motorista SE FOR DIRIGIR NÃO BEBA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *