Polícia Federal realiza operação de combate a pedofilia em Poços e Andradas

A Polícia Federal investiga uma possível rede de pedofilia na internet em Poços de Caldas e em Andradas. As duas cidades foram alvo de uma operação realizada nesta quarta-feira, 14.

A ação visava a pornografia infantil por meio de aplicativos em celulares e troca de arquivos pela internet. Ao todo foram cumpridos 10 mandados  de busca e apreensão nos dois municípios.

A posse de material de conteúdo pornográfico infantil é crime sujeito a pena de reclusão de 1 a 4 anos, mais multa.
A posse de material de conteúdo pornográfico infantil é crime sujeito a pena de reclusão de 1 a 4 anos, mais multa

A operação denominada “Deviance” tem como objetivo identificar usuários de redes de pornografia infantil que utilizariam softwares para troca ou armazenamento de fotos e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito.

A operação foi deflagrada a partir de uma investigação com informações compartilhadas por autoridades dos Estados Unidos.

Os policiais apreenderam 18 computadores, 8 pendrives e 2 tablets que vão passar por perícia. Todo o material foi levado para a sede da Delegacia de Polícia Federal de Varginha.

Em outubro deste ano a polícia civil prendeu um homem no Jardim Kenedy por suspeita de pedofilia. Na casa dele foram encontrados materiais pornográficos infantis. A suspeita é que ele também abusava de crianças e adolescentes a pelo menos 30 anos.

A posse de material de conteúdo pornográfico infantil é crime sujeito a pena de reclusão de 1 a 4 anos, mais multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *