Browse By

Acordo Coletivo é assinado entre prefeito e diretoria do Sindserv

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Poços de Caldas, Marieta Carneiro, e o prefeito Sérgio Azevedo assinaram, na última terça-feira, 29, o Acordo Coletivo 2018/2019.

Agora o Acordo segue para o Ministério do Trabalho para ser homologado

Das 80 cláusulas previstas no Acordo, apenas a 32ª, que trata da aplicação do divisor 150 na hora extra para quem trabalha 6 horas por dia, foi retirada.

A decisão afetou principalmente os 1.400 servidores da Saúde que. segundo o Sindserv. estão tendo um prejuízo de pelo menos 20% do salário, uma vez que as horas extras são inevitáveis por causa do número de servidores no setor.

Segundo a Administração, o divisor 180 passou a ser usado  a partir de abril deste ano. A medida é um ajuste determinado pela Justiça do Trabalho. O divisor 150 gera um acréscimo considerável na folha de pagamento com as horas extras.

Entre as benefícios que compõem o Acordo Coletivo 2018/2019 estão o reajuste salarial de apenas 3,5% e o aumento do vale-alimentação, que atualmente é de R$ 450,00 e vai passar para R$ 465,00. Durante as negociações, os servidores chegaram a reivindicar vale-alimentação de R$ 600,00.

Após a assinatura, o Acordo será encaminhado ao Ministério do Trabalho para ser homologado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *