Browse By

Alunas de Poços participam da etapa estadual do Parlamento Jovem

As alunas Jenipher Santos da Silva, da Escola Estadual Dr. João Eugênio de Almeida, e Lívia Maria Silva Marrichi, do Centro Educacional Poços de Caldas (Cepoc), participaram da etapa estadual do Parlamento Jovem, realizada de 19 a 21 de setembro, na cidade de Belo Horizonte. O evento reuniu estudantes e coordenadores de 81 municípios que fazem parte do projeto.

Alunos do Polo Sul marcaram presença durante a Plenária Estadual

A escolha dos alunos para a fase estadual foi feita em Guaxupé, durante a plenária regional. Durante os dias em que estiveram em Belo Horizonte, as estudantes de Poços participaram de oficinas de vivências, com momentos de interação entre os grupos, e também da plenária final, quando votaram as propostas de todas as cidades sobre o tema Violência contra a mulher.

Entre as propostas aprovadas, duas foram encaminhadas pelo Pelo Sudoeste, formado por Poços, Guaxupé e São Sebastião do Paraíso. São elas: implementação, em todos os sistemas de transporte coletivo de Minas Gerais, do “Parada Segura”, permitindo o desembarque de mulheres, a partir das 20h30, em locais fora do ponto de ônibus, quando solicitada a parada ao motorista, respeitadas a rota padrão e a segurança dos veículos e dos passageiros; implantação do “Código Lilás” no protocolo de atendimento a vítimas de violência contra a mulher em toda a rede de saúde e segurança, mesmo em cidades sem delegacia da mulher. Todas as sugestões foram entregues à Comissão de Participação Popular da ALMG. Ainda durante o evento, os alunos escolheram o tema Preconceito racial para a edição 2019 do PJ.

Sobre os pontos positivos do projeto, Jenipher Santos destacou os momentos de convívio com os grupos e de discussão do tema sob outros pontos de vista. “A socialização que tive com outros participantes e ver outras opiniões sobre o tema violência contra a mulher foram importantes. Isso impactou na minha vida porque percebi que a política não é algo chato”, declarou.

A aluna Lívia Maria também enfatizou a importância das etapas proporcionadas pelo PJ. “Para mim todos os momentos foram importantes, desde a socialização até a plenária final. Foi simplesmente incrível, pois você entra em algo que você luta e é onde você tem direito e voz. Quero muito participar novamente. O projeto contribuiu em muitas coisas, aprendi muito sobre leis e sobre o parlamento. Quanto ao tema violência contra a mulher, com certeza todo aluno precisa passar pelo Parlamento Jovem para discutir algo tão importante”, ressaltou.

A servidora da Câmara de Poços e uma das coordenadoras municipais do projeto, Tais Ferreira, acompanhou as alunas durante a plenária estadual. Para ela, o entrosamento dos alunos em 2018 foi bem maior que em anos anteriores. “Um marco importante na formação dos participantes de Poços foi a centralização das oficinas na Câmara Municipal. O entrosamento dos alunos esse ano foi maior e a formação dos participantes mais homogênea. O tema deste ano foi denso, mas o trabalho conjunto entre a coordenação municipal, os professores das escolas participantes e os parceiros que nos apoiaram nas oficinas rendeu frutos e refletiu nas propostas que os alunos apresentaram nas etapas regional e estadual”, disse.

O evento em Belo Horizonte contou com a presença da gerente-geral da Escola do Legislativo da ALMG, Ruth Schmitz, do pró-reitor de extensão da PUC Minas, Wanderley Chieppe, da defensora pública Maria Cecília Oliveira e de diversos coordenadores municipais do projeto.

Projeto

Durante os meses que antecederam as plenárias municipal, regional e estadual, os estudantes participaram de diversas oficinas e palestras na Câmara, com o objetivo de prepará-los para o debate e para a elaboração de propostas. Fizeram parte do projeto em 2018 as seguintes escolas: Escola Estadual Professora Cleusa Lovato Caliari, Escola Profissional Dom Bosco, Colégio Nini Mourão, Colégio Objetivo, Colégio Sete de Setembro, Escola Estadual Dr. Edmundo Gouvea Cardillo, Escola Estadual João Eugênio de Almeida, Escola Estadual Francisco Escobar, Centro Educacional Inovação, Escola Padrão do Parque das Nações, Instituto Educacional São João da Escócia, Centro Educacional Poços de Caldas (Cepoc) e Escola Estadual David Campista.

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto de formação política e educação legislativa, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e PUC Minas, em parceria com Câmaras Municipais. Além de despertar nos jovens o interesse pelo exercício da democracia, o programa possibilita o conhecimento do processo legislativo, bem como a vivência em situações de debates, exposição de opiniões, negociações e escolhas.  Ascom – Câmara Municipal de Poços de Caldas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *