Browse By

M&G Fibras demite cerca de 250 funcionários

A M&G Fibras de Poços de Caldas iniciou nesta quarta-feira, 17, a demissão de aproximadamente 250 funcionários da fábrica especializada na produção de fibra de poliéster e resina pet reciclada.

A empresa funcionava há mais de 20 anos em Poços

De acordo com o presidente do Sindicato dos Têxteis de Poços de Caldas, Walker Braga, desde agosto a empresa vinha negociando e vendo todas alternativas para evitar o fechamento e a demissão em massa, porém a concorrência, principalmente com países asiáticos, inviabilizou a produção na unidade local.

Ainda segundo o presidente do sindicato, os funcionários tiveram férias coletivas e recentemente estavam em licença remunerada e retornaram nesta quarta-feira, quando foram comunicados do encerramento da planta em Poços de Caldas e consequentemente da demissão.

De acordo com o sindicato da categoria, os trâmites estão dentro da legislação e o processo de homologação deve durar 10 dias.

Em setembro de 2007 a M&G já havia encerrado as atividades do setor de resinas de pet voltado principalmente para o envasamento de garrafas de refrigerantes. Na ocasião foram dispensados 120 trabalhadores. A M&G estava em Poços há mais de 20 anos, sediada nas instalações da antiga Rodhia.

A notícia da demissão em massa faz um contraste com a notícia divulgada a pouco no Poçoscom.com sobre a contração de mão de obra pela empresa Frooty, líder no mercado de açaí, que está prestes a inaugurar uma unidade em Poços de Caldas.

3 thoughts on “M&G Fibras demite cerca de 250 funcionários”

  1. Marco Aurélio de Carvalho says:

    Muito triste. Trabalhei durante 23 anos nesta fábrica e acompanhei todas as etapas do seu crescimento e parte do seu declínio. Posso afirmar com convicção de que não foi má gestão empresarial e sim os fatores circunstanciais do CUSTO BRASIL…Não há como competir com produtos que são produzidos no exterior com tecnologia de ponta e chegam aqui com preços bem menores do que o custo de produção brasileiro. Só os governos que não vêem isso. Outras centenas de empresas também encerrarão suas atividades pelo mesmo motivo. Dá a impressão de que os governos não gostam nem do povo nem dos empreendedores brasileiros. Lamentavelmente.

  2. chico says:

    Que pancada!

  3. chico says:

    Desta noticia que Poços precisa: Os Jogos estão legalizados no Brasil. Que Poços lute e consiga um complexo de lazer com cassino. Aí serão milhares de postos de trabalho novos em Poços de Caldas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *