Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Carnaval 2020: Eleição da “Baranga da Charanga” anima domingo de Carnaval em Poços

Um dos momentos mais aguardados do Carnaval de Poços de Caldas é a eleição da Baranga da Charanga, um bufão carnavalesco que leva alegria e diversão para o público. Neste ano, o concurso que elege a personagem mais “baranga” da Charanga dos Artistas está marcado para 17h15 do domingo de Carnaval, dia 23, no Parque José Affonso Junqueira (atrás do Palace Hotel).

Danete foi eleita a “Baranga” do Carnaval de 2019

Para o concurso, os artistas locais criam personagens baseados nos antigos bufões da Idade Média e quanto mais grotesco mais divertido, já que seu papel é o da renovação da vida através do riso. Eleita por duas vezes como Baranga da Charanga, a personagem Danette, do ator e diretor do Grupo de Teatro Trancos e Barrancos, vai animar o público com suas performances irreverentes e carisma sem igual. A personagem, criada no final dos anos 90 para as comemorações juninas na cidade, também será homenageada com um boneco gigante.

Ao som da Banda do Miguelzinho, com as tradicionais marchinhas, a Charanga é garantia de diversão para a família durante todos os dias de Carnaval, de sábado a terça-feira, no Parque José Affonso Junqueira (atrás do Palace Hotel), a partir das 16h. O Carnaval de Poços de Caldas conta com a vibração, a criatividade e a irreverência da Charanga dos Artistas desde 2001, que reúne companhias teatrais locais e bonecos gigantes em uma grande celebração da arte e da cultura.

Bonecos
Neste ano, os bonecos prestam grandes homenagens, em especial a nomes da literatura nacional e mundial:
– Homem Bicentenário: homenagem ao centenário do autor Isaac Asimov;
– Carmen Costa: homenagem ao centenário da cantora Carmelita Madriaga, conhecida pelo nome artístico de Carmen Costa;
– Poderoso Chefão: homenagem ao centenário do autor Mario Puzo;
– Anisio Silva: homenagem ao centenário do cantor Anisio Silva;
– Severino: homenagem ao centenário do autor de Morte e Vida Severina, João Cabral de Melo Neto;
– Macabéa, a Hora da Estrela: homenagem ao centenário da escritora Clarice Lispector;
– Pássaro Azul: homenagem ao centenário do escritor alemão Charles Bukowski;
– Danette: homenagem à Baranga da Charanga 2019, a personagem Danette, criada no final dos anos 90 para as comemorações juninas na cidade pelo ator Luiz Munhoz, diretor do Grupo de Teatro Trancos e Barrancos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *