Coveiro é atingido por golpe de facão na cabeça

O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira, 27, no cemitério Parque na zona sul de Poços de Caldas, durante uma discussão entre dois coveiros por causa do horário de trabalho. Após o bate boca, um dos coveiros se armou de um facão e atingiu o colega com um golpe na testa.
A lâmina perfurou o crânio da vítima que foi levada às pressas para a Santa Casa.

A Polícia Militar foi chamada por volta das 14h no cemitério, onde testemunhas contaram que o coveiro Antônio Aristides Inácio, de 47 anos, foi ferido com um golpe de facão dado pelo colega de trabalho, Natanoel Barros, de 48 anos. Os dois entraram em atrito verbal e em determinado momento Barros pegou um facão e acertou o colega. Após ouvirem o grito da vítima as testemunhas correram para socorrer a vítima que sangrava muito, foi então que Barros parou e fugiu em seguida para uma mata próxima ao cemitério.

Uma equipe do SAMU socorreu o coveiro que foi levado para a Santa Casa, onde recebeu atendimento médico e continua internado em observação, pois perdeu massa encefálica. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o coveiro está consciente e o estado de saúde dele é estável e será acompanhado por um neurologista.

A PM continua à procura pelo coveiro que agrediu o colega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este site está protegido.