Homem encontrado morto é identificado por familiares no IML. A suspeita é de que ele tenha sido assassinado

O homem encontrado morto na usina hidrelétrica da Cascata das Antas em Poços de Caldas na tarde de domingo, 17, foi identificado como Antônio Sebastião Farias, de 65 anos. Filhos do aposentado fizeram o reconhecimento depois que uma amiga avisou a família de que um corpo com as características de Farias havia sido encontrado boiando às margens da cascata.

Vítima chegou a registrara um boletim de furto no sábado à tarde

A vítima morava em uma fazenda em Botelhos e uma das filhas contou à Polícia Civil que ele estava desaparecido desde a tarde de segunda-feira, 11, quando a vítima deveria ter retornado de uma viagem.

A filha contou que o pai tinha hábito de se encontrar com garotas de programa e estava preocupada, pois ele teria vindo a Poços de Caldas receber um seguro no Banco Itaú e retirar a segunda via dos documento que tinham sido furtados no dia 16 de fevereiro deste ano, enquanto estava em um bar no Mercado Municipal.

Na época a vítima registrou um boletim de ocorrência por furto, alegando que uma mulher loira teria se aproximado dele no bar, pediu para pagar um café, momento em que ela teria encostado no aposentado em seguida disse que iria ao banheiro.

Quando foi pagar a conta o aposentado deu falta de sua carteira que continha documentos pessoais, cartão de crédito e R$ 1.560,00.

De acordo com a necrópsica feita pela equipe do IML de Poços de Caldas a causa da morte foi decorrente a uma agressão feita por um objeto contundente, que poderia ser uma barra de ferro ou pedaço de pau. A vítima apresentava vários traumatismos pelo corpo. A equipe registrou o caso como homicídio. A Polícia Civil vai apurar a autoria do crime.

O corpo do aposentado foi sepultado às 11h da manhã desta terça-feira, 19, no Cemitério da Saudade de Poços de Caldas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *