Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Menina de 10 anos é vítima de importunação sexual dentro de ônibus

Está no presídio de Poços de Caldas um homem de 50 anos, que foi preso na tarde desta segunda-feira, 4, depois de importunar sexualmente uma menina de apenas 10 anos de idade dentro de um ônibus do transporte coletivo. Mesmo ao lado da mãe o homem a chamava de princesa e passou a mão nos cabelos da criança e disse à mãe que iria roubá-la.

Homem foi preso ainda dentro do ônibus em frente a delegacia regional – foto Poçoscom.com

O caso aconteceu por volta das 16h50, quando mãe e filha pegaram o ônibus no Terminal de Linhas Urbanas e seguiram no sentido Zona Leste. Durante o trajeto o suspeito que teve apenas a iniciais divulgadas, J.C.C, começou a chamar a menina de princesa e passou as mãos no cabelo da jovem. A mãe se afastou e pediu para ele parasse.

Porém o homem continuou com os gracejos inconvenientes, incomodando as duas até que disse à mãe que iria roubar a filha dela. Foi então que a dona de casa pediu ao motorista que parasse o ônibus em frente à delegacia regional de Polícia Civil. Ela solicitou ao motorista que mantivesse a porta do veículo fechada até que voltasse com a polícia.

Ao chegar ao plantão a mãe encontrou com uma equipe da Guarda Civil Municipal que prontamente foi até o ônibus e deu voz de prisão ao engraçadinho. Em seguida ele foi levado para a delegacia onde foi feito o flagrante.

Importunação sexual é crime e dá até 5 anos de cadeia

Desde setembro do ano passado este em vigor a lei 13.717/18 que criminaliza atos libidinosos sem o consentimento da vítima, como toques inapropriados. Antes, práticas eram consideradas contravenções penais e o autor pagava apenas uma multa, agora a pena é de 1 a 5 anos de prisão. A mesma pena também Server para quem vender ou divulgar cena de estupro por qualquer meio, seja fotografia, vídeo ou outro tipo de registro audiovisual. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *