Na Região: PM prende suspeitos de assalto ao Sicob de Campestre

A Polícia Militar de Alfenas prendeu dois suspeitos de terem participado do assalto ao Sicob na última quarta-feira, 19, em Campestre. Os assaltantes chegaram a manter a tesoureira do banco como refém na noite anterior para que pudessem ir à agência no dia seguinte e executar o assalto. Eles ainda levaram a funcionária com eles e a abandonaram na zona rural entre Serrania e Alfenas.

PM recuperou parte do dinheiro roubado durante assalto ao Sicob – foto PM

A prisão dos suspeitos ocorreu na noite deste sábado, 22, durante um patrulhamento na Avenida Jovino Fernandes Salles, quando os militares avistaram Talysson Roger de Souza Lopes, de 22 anos, dirigindo um Golf. O suspeito já é conhecido no meio policial e tinha um mandado de prisão em aberto.

Dinheiro estava no carro dirigido pelo suspeito – foto PM

Ao receber ordem para parar, Talysson fugiu em alta velocidade. Foi realizada perseguição até que o suspeito perdeu o controle da direção e bateu em um poste. O carro ficou atravessado na rua e fez com que a viatura da PM também batesse no poste.

Mesmo após o acidente Talysson continuou a fuga a pé. O suspeito fez um movimento como se fosse pegar uma arma e obrigou os militares a disparem, mas o tiro não atingiu ninguém. Depois de um bom tempo de perseguição, os militares conseguiram prender o suspeito que reagiu com socos sendo preciso imobilizá-lo.

Após a prisão, os militares voltaram ao local do acidente para buscas no interior do veículo onde foram encontrados R$ 4.707,00 em dinheiro, sendo 200 notas de R$5,00, 74 notas de R$ 50,00 e 01 nota de R$2,00.

Grande parte do dinheiro estava da mesma forma utilizada em bancos, ou seja, varias notas estavam abertas e envoltas por um elástico, sendo que todo o dinheiro localizado se encontrava escondido por debaixo do tapete do lado do passageiro e entre o carpete e o console.

Durante a ocorrência, o segundo suspeito, Jhon Erick Silva de Souza, de 24 anos, que também tinha um mandado de prisão em aberto, compareceu no local para saber o que tinha acontecido com Taylison. Jhon Erick também era suspeito de ter participado do assalto ao Sicob de Campestre. Os dois foram presos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *