Polícia Civil investiga denúncia de importunação sexual em escola municipal

A delegada Gisneia Ramires, titular da DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Poços de Caldas, instaurou um inquérito para apurar denúncias de importunação sexual contra um professor de educação física, de 64 anos, da Escola Municipal Haroldo Affonso Junqueira, no bairro Santa Rosália.

O inquérito foi instaurado após as denúncias contra o professor

A investigação teve início após denúncia registrada na última sexta-feira, 18, pelas mães de três alunas e pela direção da escola. A Patrulha Escolar da Polícia Militar foi chamada à escola depois de uma reunião entre às mães e a direção da unidade escolar.

As vítimas com idades entre 9 e 10 anos contaram às mães e à diretora da escola que o professor vinha tendo um tratamento diferente com elas. Segundo as vítimas ele fazia elogios de corte de cabelo, chegou a segurar na nuca de uma das alunas e ainda segundo o relato de uma das mães ele também chegou a pedir para que as alunas o ensinassem a dançar funk e pediu para que elas dançassem o “quadradinho” para ele.

Uma das mães relatou ainda que o professor perguntou a uma das alunas sobre o horário que ela freqüentava a piscina de um clube e passou a ir ao local no mesmo horário em que ela estava com a família.

Diante das denúncias, além do boletim de ocorrência, a direção também informou a Secretaria Municipal de Educação para que fosse instaurado um processo administrativo.

O Conselho Tutelar também foi acionado e acompanha o caso. De acordo com a delegada Gisneia, as vítimas e o suspeito, devem ser ouvidos ainda esta semana.

Na tarde desta segunda-feira, o Procurador Geral do Município, Fábio Camargo, afastou o professor das atividades por um prazo de 60 dias.

Como as investigações ainda estão no começo, não vamos divulgar o nome do professor até que o caso seja concluído.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.