Saúde muda forma de atualizar o Boletim e os casos suspeitos em Poços agora são 47

O Boletim Epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas, sofreu mudanças a partir desta quarta, 25.

As alterações acompanham as mudanças adotadas também pela Secretaria de Estado de Saúde, considerando que o Ministério da Saúde classificou todo o país como transmissão comunitária, além da necessidade de qualificar as informações sobre a circulação do Coronavírus em Minas Gerais, o Boletim Informativo Diário COVID-19 passa a publicar o detalhamento apenas dos casos confirmados.

A nomenclatura de casos monitorados não aparece mais no levantamento. O Estado informa número total de notificações e a divisão em casos suspeitos, casos confirmados e casos descartados. A cidade permanece com um caso importado confirmado. Na divulgação feita pela Vigilância Epidemiológica realizada até esta terça, 24, apareciam dois casos descartados: um, sendo o de uma mulher vinda da Lombardia na Itália, e o segundo, como sendo o de um homem que havia passado três semanas a trabalho em São Paulo. Ambos testaram negativo para o Novo Coronavírus – Covid 19. Na divulgação estadual, no entanto, apenas um descarte está computado por enquanto. São 47 casos suspeitos no município.

Até o momento, nenhum óbito foi registrado em decorrência do Novo Coronavírus, em Poços. Dois pacientes seguem hospitalizados. Importante registrar que a todos os pacientes que não necessitam de internação em virtude das condições clínicas, mas que se enquadram nos critérios de investigação e confirmação, é obrigatório o isolamento domiciliar, evitando inclusive contato direto com outras pessoas, como forma de prevenção do contágio.

O andamento da pandemia é extremamente dinâmico e estas orientações podem mudar de acordo com novas condutas recomendadas pelo Ministério da Saúde. A distribuição dos casos suspeitos por município, bem como de casos descartados e notificados, são atualizadas diariamente, através do site www.saude.mg.gov.br/coronavirus – “Distribuição dos casos de COVID-19 em Minas Gerais”.

Orientações

O isolamento social é medida essencial e necessária para este momento de contenção da propagação do vírus. Havendo sintomas como febre aliada à tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta ou coriza, a indicação é procurar a unidade básica de saúde de referência, para o primeiro atendimento e encaminhamento.

Os pronto atendimentos da UPA e do Hospital Municipal Margarita Morales e o SAD – Serviço de Atenção Domiciliar, seguem também no acolhimento e suporte. Há um atendimento telefônico na Secretaria Municipal de Saúde, que pode ser acionado pelo 3697-5973 ou 3697-5985.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.