Situação dos expositores da FEARPO é questionada na Câmara

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de terça-feira, 23, o vereador Mauro Ivan de Oliveira (PSB) teve aprovado um requerimento onde questiona sobre o que vem sendo feito para minimizar os impactos sofridos pelos expositores da Feira de Artesanato de Poços de Caldas (FEARPO), devido às medidas de isolamento estabelecidas para o combate à Covid-19.

A FEARPO está suspensa por medidas preventivas contra a COVID-19 – foto arquivo

O vereador explica que tem dialogado com expositores da FEARPO e que eles têm solicitado ajuda para conseguir uma solução para a classe, que se encontra sem poder trabalhar em virtude das medidas de prevenção e combate ao coronavírus no município. Segundo o vereador, mesmo que a maioria do público da feira seja de turistas, os trabalhadores apontam que os moradores de Poços também contribuem para o faturamento.

Em seu requerimento, o parlamentar pergunta se estudos vêm sendo realizados para oferecer uma solução ao setor. Também questiona sobre o plano de contingenciamento, que, segundo o vereador, já foi apresentado ao Comitê Gestor, mas ainda não houve resposta oficial aos expositores.

Além disso, segundo o vereador “os trabalhadores alegam que foi feito um pedido para que a Prefeitura realizasse uma divulgação de seus trabalhos, na tentativa de atrair mais consumidores da cidade, o que muito contribuiria para o enfrentamento da crise, porém não foram atendidos”, diz.

Com cerca de 200 famílias que dependem da renda obtida na feira, Mauro Ivan enfatiza que é preciso um plano de ação do poder público para auxiliar os expositores.

“Existe uma crise gerada pela pandemia de Covid-19 e por isso estamos pedindo atenção do Executivo para o pessoal da FEARPO. Eles estão há cerca de três meses sem trabalhar e muitas famílias dependem dessa renda para sobreviver, muitos estão passando dificuldades, e eles não tem prazo para retornar. Não estamos pedindo pra voltar, mas que a Prefeitura inclua esses expositores em algum projeto, para que eles tenham suporte para minimizar esse impacto financeiro que eles vêm sofrendo,” finaliza o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.