Browse By

Mesmo sem abono do ponto 70% dos servidores devem aderir a Greve Geral

As manifestações em torno da Greve Geral nesta sexta-feira em Poços de Caldas têm início logo pela manhã em vários pontos da cidade. Os representantes da classe trabalhadora fazem panfletagem no cruzamento da Assis com a Prefeito Chagas, Terminal de Linhas Urbanas e também em frente a antiga sede do Dme, onde será realizado o Fórum dos Trabalhadores.

A expectativa é que mais de 2 mil pessoas participem da manifestação

A Greve Geral que acontece em todo país é contra a Reforma da Previdência, a terceirização e contra a reforma trabalhista. Em Poços de Caldas a mobilização é realizada por 12 sindicatos trabalhistas da cidade.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Poços de Caldas, Marieta Carneiro, apesar do Executivo não ter abonado o ponto dos servidores nesta sexta-feira, a expectativa é que pelo menos 70% dos servidores, sendo que a maioria da Educação deve aderir à Greve Geral.

Além dos representantes dos sindicatos de Poços de Caldas, a manifestação prevista para parte da tarde também vai ganhar reforço com a participação de sindicatos e trabalhadores de outras cidades, como foi na última manifestação.

A manifestação principal está prevista para ás 15h e a concentração será na Praça Pedro Sanches. Os manifestantes vão percorrer as principais ruas do centro em defesa dos direitos trabalhistas para esta e futuras gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *