Browse By

Um novo tempo para o teatro em Poços


No dia 16 de Março acontece às 20:30 horas, no espaço cultural da Urca, a apresentação do espetáculo Stanisloves-me, a peça vem de Brasília para os palcos de Poços de Caldas em uma iniciativa do ator e produtor local Valber Rodrigues. Segundo ele, esse pode ser o início de um projeto permanente de intercâmbio com artistas de todo o país: “Eu percebi que existe no nosso cenário teatral uma lacuna no que diz respeito à interação das produções locais com as pesquisas de grupos de outras regiões do Brasil. É muito raro ver um grupo de Poços indo para outra cidade ou recebendo artistas de outras regiões para compartilhar suas pesquisas, e a meu ver, a falta de interatividade com o que é produzido no restante do país acaba por isolar o teatro poçoscaldense”, finaliza o ator.
Questionado sobre de onde vem a ideia do projeto de intercâmbio Valber nos diz: “Não tenho pretensão nenhuma de inventar a pólvora, a interação e colaboração entre grupos é uma constante no Rio onde fiz minha graduação, e aqui mesmo na cidade é possível identificar esse movimento. A Noite Fora do Eixo do Coletivo Corrente Cultural é um exemplo disso, músicos do país todo já tocaram por aqui e esse é sem dúvida um dos motivos pelo qual o cenário da música autoral da cidade enriqueceu muito nos últimos anos. Isso é também trabalho de formação, porque enriquece nosso vocabulário artístico, tanto o dos artistas, quanto o do público”.
Além desse projeto, Valber também mantém outras iniciativas de formação na cidade, há três anos oferece oficinas de teatro que geralmente acontecem por meio de editais públicos. Contudo, ele ainda não conseguiu financiamento para o projeto de intercâmbio, mas conta que mesmo assim o desejo é dar continuidade a iniciativa. “Se esperarmos as condições ideais para pôr em prática uma ideia ela nunca vai sair do papel. Mesmo sem apoio público é possível mobilizar pessoas em torno da cultura, e é nisso que estou confiando. Para minimizar os custos da produção o projeto conta com o apoio do Âncora Coffee House, Poços Print, Pasquim o Bar, Bandola Artes Gráficas e La Casa Café e Restaurante, sem eles a chance de tomar um prejuízo e do projeto morrer na praia seria enorme”, pontua o produtor. Mesmo que pequenas, há chances do projeto não vingar na cidade, pois o custeio da vinda dos artistas de Brasília depende da bilheteria do espetáculo. Em relação a isso, uma estratégia para atrair o público para o teatro é a venda de ingressos antecipados a preço popular (10 reais), que podem ser comprados nas lojas do Âncora Coffee House (Rua Rio Grande do Sul, 1102 ou Rua Junqueiras, 150). “Além de atrair o público, existe o desejo de democratizar o acesso. Minha intenção é que fosse entrada gratuita claro, mas enquanto o projeto não for aprovado em algum edital público é inviável, pois é preciso pagar os custos de transporte e estadia, além do mais que merecido cachê dos artistas” acrescenta Valber.


Sobre espetáculo que será apresentado no palco da Urca, Valber conta que o conheceu no Festival Universitário do Rio de Janeiro, onde Bruna Martini se destacou ganhando por dois anos consecutivos o prêmio de melhor atriz do festival. Além de Bruna, vem com ela a Poços de Caldas o músico Chico Mossri responsável por executar ao vivo no piano a trilha sonora do espetáculo. A ficha técnica conta ainda com o nome de Simone Reis na direção, que é professora efetiva de Artes Cênicas do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (UnB). O espetáculo Stanisloves-me aborda as artes cênicas de modo híbrido, intertextual e tragicômico. E apresenta Maria, uma jovem atriz obcecada por treinamento e em busca de total aperfeiçoamento metodológico, uma questionadora ingênua em busca de certezas estéticas e técnicas, cansada de sofrer por infinitas perguntas e crenças. Para Valber é um espetáculo que contempla a classe teatral, mas que também atinge a todos:

“Embora o enredo gire em torno de uma atriz que diante de seus mestres se questione ética e esteticamente, a encenação tem força suficiente para nos levar do universo micro às questões do macro. E atinge uma instância onde não é mais sobre Maria, mas sobre como nós, de modo coletivo e individual, nos organizamos ética e esteticamente. Tudo isso com muito humor e em uma relação clara e franca com o público. É um espetáculo para todos”, finaliza.
Por fim, Valber revela que, se esse projeto piloto funcionar e se a presença do público for massiva no dia 16, ele trará já no semestre seguinte outro espetáculo de fora da cidade: “Eu já estou em contato com parceiros da Bahia, de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro, mas é preciso que o público compareça para dar continuidade no projeto. No fim desse mês inclusive, estarei no Festival de Curitiba e certamente vou conhecer bons espetáculos de todo o Brasil, meu desejo é conseguir trazê-los para Poços de Caldas, nós merecemos isso, nossa cidade merece isso e muito mais.” Portanto, está feito o convite, mas vale reforçar: Diretamente de Brasília, dia 16 de Março às 20:30 horas, no espaço cultural da Urca acontece o espetáculo teatral Stanisloves-me. Ingressos antecipados a 10 reais nas lojas do Âncora Coffee House (Rua Rio Grande do Sul, 1102 ou Rua Junqueiras, 150). Informações (21) 6981-1043.

PEÇA TEATRAL Dia 16 NA URCA

VAMOS AO TEATRO – UM ESPETÁCULO PARA TODOS

Publicado por Poçoscom em Terça-feira, 6 de março de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *