Browse By

Vandalismo provoca desabastecimento de água no centro e nas zonas oeste e sul

Na noite da última segunda-feira, 9, por volta das 21h, vândalos furtaram todos os cabos elétricos das bombas de captação da Estação de Tratamento de Água – ETA V, na represa do Cipó. Com isso, a estação deixou de tratar algo em torno de 1,2 milhão de litros de água por hora.

mais de 1 milhão de litros de água deixaram de ser tratados por causa do furto

Como consequência do ato de vandalismo, haverá desabastecimento de água em toda a região central e zona oeste e sul  da cidade.  Devido a complexidade do reparo dos danos, a expectativa é que o abastecimento volte ao normal na manhã desta quarta-feira, 11.

O Departamento Municipal de Água e Esgoto – DMAE – solicita a todos que economizem o máximo possível.

Mais informações: 0800 283 6080

2 thoughts on “Vandalismo provoca desabastecimento de água no centro e nas zonas oeste e sul”

  1. Evaldo says:

    Em pontos sensíveis da cidade, deveria haver algum tipo de vigilância. (??)

  2. Marcelo C Norberto says:

    Pôxa uma simples reposição de cabos não pode impactar toda uma região. Estou seguro que o DMAE precisa ter um plano de contingencia para estas situações….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *