ACIA e Sindicomércio protocolam petição para revisão da abertura do comércio em Poços

Após uma reunião na manhã desta segunda-feira, 6, entre representantes da ACIA – Associação Comercial, Sindicomércio e Associação de Bares e Restaurantes, os presidentes de cada entidade decidiram protocolar uma petição junto à Prefeitura solicitando a revisão da reabertura do comércio em Poços de Caldas.

De acordo com o presidente da ACIA, Carlos Cobra, o documento pede que a abertura seja facultativa, ou seja, o comerciante poderá decidir ele vai abrir ou não.

Uma entrevista coletiva foi agendada para a manhã desta terça-feira, 7, na ACIA para detalhar o posicionamento das associações que representam os comerciantes de Poços.

De forma geral, o comércio de Poços de Caldas está impedido de funcionar por força do Decreto de Estado de Calamidade, que vem permitindo o funcionamento de alguns seguimentos, principalmente aqueles considerados como essenciais.

Algumas alterações foram feitas permitindo também o serviço de entrega em domicílio e também a retirada de produtos direto no balcão dos estabelecimentos.

O presidente da ACIA espera um posicionamento do Comitê Extraordinário de enfrentamento ao Coronavírius, que pode deferir ou não o pedido feito pelas entidades que representam os comerciantes da cidade.

6 comentários em “ACIA e Sindicomércio protocolam petição para revisão da abertura do comércio em Poços

  • 6 de abril de 2020 em 17:29
    Permalink

    Boa tarde agora não é hora de quer ganhar dinheiro. Agora é hora de isolamento para q as coisas não piorem. Será que vocês não estão vendo o que está acontecendo pelo mundo todo? Quantos respiradores tem aqui em poços? Vamos pensar na saúde e não no dinheiro.

    Resposta
    • 6 de abril de 2020 em 22:29
      Permalink

      Acho sim q é necessário o isolamento em conservação da nossa saúde, mas não só proibir aos trabalhadores e principalmente ao grupo de risco “idosos ” andem pelas ruas e vejao isto, acho que tem mais idoso na Rua do que trabalhador. É aí ? Como fica?

      Resposta
      • 6 de abril de 2020 em 22:37
        Permalink

        Salões de cabeleireiros, manicure e outros não podem atender isolamento um cliente, e os bancos, supermercados, padarias e principalmente bancos que inclusive estão fechando agências acumularem clientes em filas sem controle nemhum podem. Ja que eles podem ganhar dinheiro nessa pandemia, sendo assim ou os órgãos de defesa resolve ou obrigadao eles a controlarem. Pois estão vendendo com filas sem controle nenhum, ou nenhum órgão está vendo isto,é só andar por ai.

        Resposta
  • 6 de abril de 2020 em 22:15
    Permalink

    Depois gostaria que divulgassem a lista dos comerciantes que abriram. Com isso saberemos quem realmente se preocupa com o cliente e o bem coletivo.

    Resposta
  • 6 de abril de 2020 em 22:39
    Permalink

    Acho sim q é necessário o isolamento em conservação da nossa saúde, mas não só proibir aos trabalhadores e principalmente ao grupo de risco “idosos ” andem pelas ruas e vejao isto, acho que tem mais idoso na Rua do que trabalhador. É aí ? Como fica?

    Resposta
  • 7 de abril de 2020 em 08:26
    Permalink

    Se não tem vacina ou remédio, o isolamento só vai empurrar o problema para frente. Isolamento até quando? O surto só passará quando mais da metade da população se contaminar e criar anticorpos. Isolamento para o grupo de risco, e, tomando os devidos cuidados, vamos voltar ao trabalho. A crise financeira poderá ser pior que a doença. H1N1 e dengue matam mais que covid-19 e nem por isso houve esse pânico todo. Distanciamento social ao invés de isolamento isso sim.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.