Atrasos na entrega de correspondências geram reclamações e transtornos

O atraso na entrega de correspondências em Poços de Caldas nos últimos dias tem sido motivo de muita reclamação entre a população que vem sofrendo com o transtorno devido a demora na entrega de documentos e principalmente boletos bancários. Com as correspondências chegando depois do vencimento das contas e boletos, os poços-caldense estão sendo obrigados a solicitar a segunda via para não pagar juros.

Distribuição alternada, dia sim, dia não seria o motivo do atraso da entrega de correspondência – Foto Roni Bispo/Poçoscom.com

O Poçoscom.com conversou com um dos carteiros de Poços de Caldas, que pediu para não ter o nome divulgado. Segundo ele o atraso na entrega das correspondências está sendo causado por conta da implantação da distribuição alternada.

Segundo o carteiro, o novo sistema tem provocado sobre carga de trabalho, pois as entregadas deixaram de ser feitas todos os dias. Agora as entregas são feitas dia sim e dia não. Por conta do novo sistema e também do número do efetivo reduzido, cada carteiro passou ser responsável por dois setores e isso vem gerando sobrecarga de peso.

Atualmente Poços de Caldas conta com aproximadamente 40 carteiros, quando o ideal deveria ter um efetivo com pelo menos 15 carteiros a mais. Há mais 5 anos os Correios não realizam concurso público.

Mesmo com número menor de profissionais para a entrega de correspondência, alguns ainda são remanejados para os municípios vizinhos para a entrega em Botelhos, Bandeira do Sul, Cabo Verde e Caldas, para cobrir outros carteiros durante o período de férias.

Carteiros protestaram por melhores condições de trabalho – foto rede social

A distribuição integrada foi um dos alvos de protestos pelos carteiros durante a greve geral realizada nesta quarta-feira, dia 15. Um grupo de carteiros fixaram cartazes do lado de fora da central de distribuição na Rua Santa Catarina, dizendo que não tinham culpa pelo atraso na entrega das correspondências.

O Poçosco.com procurou pela gerência dos Correios em Poços de Caldas, mas a informação é que somente a assessoria de imprensa em Belo Horizonte poderia falar sobre o assunto. A Ascom informou que a empresa está apurando o motivo do atraso nas entregas e o número reduzido de carteiros.

A questão também poderá ser respondida diretamente pelo chefe dos Correios em Minas Gerais, Juarez Pinheiro Coelho Junior, juntamente com o assessor do presidente dos Correios, o ex-deputado federal Geraldo Thadeu, que visitam as unidades em Poços de Caldas hoje à tarde e também amanhã.

Um comentário em “Atrasos na entrega de correspondências geram reclamações e transtornos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *