Aves criadas em cativeiro são resgatadas pela Polícia do Meio Ambiente

Um papagaio verdadeiro, um trinca-ferro e quatro maritacas foram apreendidos durante uma operação de combate à caça e manutenção de animais silvestres em cativeiro. As aves estavam em duas casas em Poços de Caldas e em Andradas.

Papagaio verdadeiro resgatado foi levado para IEF de Varginha – foto PM

A ação foi realizada nesta segunda-feira, 9, por policiais militares da 18ª Companhia de Meio Ambiente após denúncias de que os pássaros estavam sendo criados de forma irregular e sem autorização dos órgãos ambientais.

Em uma casa na zona sul da cidade os policiais aprenderam quatro maritacas e um trinca-ferro. Já o papagaio verdadeiro foi apreendido em uma casa em Andradas. O papagaio foi enviado para o Instituto Estadual de Florestas de Varginha. Já as outras aves ficaram sob a responsabilidade do dono do imóvel e posteriormente enviadas para uma avaliação da equipe veterinária do Centro de Controle de Zoonoses.

Nos dois casos os proprietários não apresentaram nenhuma documentação que autorizasse a posse das aves.

Um dos infratores foi detido e liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Os dois envolvidos foram multados em quase R$ 47 mil.

Manter pássaros ou animais silvestres em cativeiro e sem autorização do órgão competente é crime previsto na Lei 9.605/98, punido com pena – detenção de seis meses a um ano, e multa administrativa. As denúncias podem ser feitas pelo (35) 3697-4800 ou via Disque Denúncia Unificado DDU-181 ou 135.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *