BMW usada por envolvidos na morte de vendedor de Campestre é localizada

A BMW vermelha usada pelo casal acusado da morte do vendedor de uma loja de tintas em Campestre, foi localizada na manhã desta quinta-feira, 16, em Caldas. O veículo foi abandonado em um terreno baldio.

Carro foi abandonado em um terreno baldio

O paradeiro do carro era um dos questionamentos feitos pela Polícia Civil desde a prisão do casal no último dia 3 em um sítio na zona rural de Andradas.  

Tales Wellington Almeida, de 29 anos, que atirou contra o vendedor Tamer Franco, também de 29 anos, e a namora dele, Karla Eduarda da Silva Pereira, de 22 anos, fugiram no veículo após o crime na manhã de sábado no dia 30 de março no centro de Campestre.

Outras 7 pessoas também foram presas dias depois do casal, acusadas de ajudarem a dupla a se esconder da polícia.

No dia do crime, Tales foi flagrado pelas câmeras de segurança da loja no momento em que ele e a namorada chegam à loja em uma BMW vermelha.

O acusado desce e começa a conversar com a vítima. Tales saca arma e primeiro atira no chão e depois no vendedor que morreu ainda no local. Um outro funcionário da loja tenta impedir a ação e também é atingido por dois tiros. Após o crime o casal entra no carro e foge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *