Bombeiros de Poços participam de treinamento de desinfecção

Por conta do risco de contaminação pelo Coronavírus 0s bombeiros de Poços de Caldas participam de um treinamento de desinfecção de áreas de grande circulação e aglomeração de pessoas.

O treinamento começou no mês de abril em BH – foto Gil Leonardi/Imprensa MG

Desde o dia 27 de abril, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) iniciou uma série de capacitações nas cidades de Montes Claros, Uberlândia, Governador Valadares e Poços de Caldas para 40 profissionais ou mais em cada cidade. O treinamento visa a atuação junto aos órgãos municipais na desinfecção de áreas de grande circulação de pessoas nas respectivas cidades.

A capacitação técnica de desinfecção faz parte das medidas preventivas de controle à pandemia da Covid-19 implementadas pelo governo do Estado. A ação se dará nas sedes das unidades do Corpo de Bombeiros nos municípios atinentes e terá duração de cerca de 6h, com término após a atividade prática de desinfeção em área pública de grande circulação. No município de Poços de Caldas, a atividade prática está prevista para ocorrer no dia 12 de maio, a partir das 23h45min, no Terminal Central de Linhas Urbanas.

Militares que atuam no Pelotão de Emergências Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (PQBRN) do CBMMG serão os responsáveis pela condução da parte teórica e prática do treinamento.

A instrução permitirá que os profissionais tenham uma visão geral sobre o risco de contaminação do coronavírus e a importância do procedimento de desinfecção das áreas públicas de grande circulação de pessoas para impedir a disseminação do vírus. Eles também serão orientados quanto às soluções disponíveis para a sanitização, os riscos destes produtos e a forma adequada de utilizá-los.

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) também serão foco da capacitação, que mostrará a maneira correta de paramentação e desparamentação, bem como o descarte correto dos EPI’s e resíduos gerados na desinfecção.

Os profissionais aprenderão sobre o risco oferecido pelo coronavírus, suas formas de transmissão e o tempo estimado de permanência nas diferentes superfícies. Com isso, a expectativa é que repassem as orientações aos municípios de origem para que o esforço se multiplique em todo o Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.