Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Charanga dos Artistas: irreverência e alegria no bloco da Cultura

Pela 20ª vez, a Charanga dos Artistas se apresentou no Carnaval de Poços de Caldas, abrindo o palco do Parque José Affonso Junqueira na tarde deste sábado, 22. Ao som da Banda do Miguelzinho e suas tradicionais marchinhas, os artistas locais que compõem a Charanga trouxeram mensagens diversas, com direito a alertas ambientais e homenagens a escritores mundiais, personalidades brasileiras e até mesmo ao Corpo de Bombeiros, pelo trabalho realizado nas tragédias de Brumadinho e Mariana.

A Charanga vai até terça de Carnaval

A partir das 4 da tarde, a alegria e a irreverência tomaram conta do Parque José Affonso Junqueira. Iluminado pelo forte sol – contrariando as previsões de chuva – um dos cenários mais belos de Poços de Caldas recebeu o público, formado por famílias inteiras, vindas de diversos locais do país e também moradores que aguardam ansiosos para brincar o Carnaval com a Charanga dos Artistas.

O já tradicional desfile de apresentação das fantasias contou com performances emocionantes, como o resgate de crianças da lama de tecido, simbolizando as tragédias de Brumadinho e Mariana, com a empolgação dos artistas que interpretaram ícones como Xuxa, Marilyn Monroe e Elvis Presley, e a irreverência da Baranga da Charanga, a personagem Danette, que ganha vida com o ator Luiz Munhoz.

Neste ano, são oito bonecos gigantes. Atrações mais esperadas principalmente pelas crianças, os bonecos são Homem Bicentenário, Carmen Costa, Poderoso Chefão, Anisio Silva, Severino, Macabéa, Pássaro Azul e Danette.

Cada interpretação contou com trilha sonora especialmente preparada pela Banda do Miguelzinho, que deu show em interpretações como a música-tema do filme O Poderoso Chefão em ritmo de marchinha na homenagem a Mario Puzo, autor do livro que deu origem ao sucesso dos cinemas.

“A Charanga dos Artistas tem como proposta fazer o Carnaval de rua, o resgate da cultura popular ao som das marchinhas carnavalescas, sob a regência do maestro e trompetista Miguelzinho”, destacou o idealizador do movimento, Anésio Avelar.

É a primeira vez que o turista Pedro da Silva Pereira, da cidade de Piracicaba/SP, passa o Carnaval em Poços de Caldas. “Estou gostando bastante. É um Carnaval bem tradicional, com as marchinhas e muita atividade cultural”, conta.

Também abrilhantando o evento, o Rei Momo Marcos Sampaio mostrou todo o seu carisma, animação e samba no pé. A festa só termina com o Cortejo da Charanga pelas ruas centrais até a Praça dos Macacos, outro grande palco do Carnaval poços-caldense. O diretor artístico dos bonecos da Charanga, Chisthenis Betti, aproveita para convidar a todos. “É um Carnaval para a família, com o resgate das marchinhas e está todo mundo convidado até terça-feira”.

Serviço:
Charanga dos Artistas e Banda do Miguelzinho
Todos os dias de Carnaval – domingo, segunda e terça-feira
Local: Parque José Affonso Junqueira (atrás do Palace Hotel)
Horário: 16h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *