Margarita Morales passa a contar com atendimento pediátrico

Por meio de um convênio da Prefeitura com a Residência Médica da Santa Casa, o Hospital Margarita Morales passa a contar agora com o atendimento ainda mais especializado para as crianças. “Residentes de pediatria da Santa Casa, vão com os professores tutores, prestar este atendimento. São clínicos em formação em pediatria, com os professores pediatras, que estarão em atendimento, em dias e horários já pré-definidos”, explicou Ed Wilson Neves, médico e diretor clínico.

 Os atendimentos serão nas segundas e quintas, das 7h às 13h e ainda quinzenalmente as terças-feiras

Os atendimentos são semanais: segundas e quintas, das 7h às 13h. Quinzenalmente, o atendimento também é prestado as terças-feiras, no mesmo horário, das 7h às 13h.

Na segunda, terceira e quarta semanas do mês, o atendimento será realizado ainda as sextas-feiras. Não é necessário agendar, o serviço é oferecido por livre demanda.

“Na UPA sempre tivemos pediatra, das 7h às 0h, uma exigência do Ministério da Saúde por ser UPA porte 3. Já no Margarita Morales não existe essa exigência como pronto-atendimento e mesmo quando o Margarita se tornar UPA porte 2, não haverá essa exigência, portanto é um incremento para o atendimento, de forma espontânea. Lembrando que o atendimento pediátrico sempre foi realizado no Hospital Margarita Morales, com os médicos plantonistas. A diferença agora é o profissional da Pediatria na unidade, fazendo este trabalho”, informou o diretor clínico.

O Hospital Municipal Margarita Morales é uma unidade de pronto-atendimento 24 horas, muito procurada no município, por pacientes de diferentes faixas etárias.

O secretário municipal de Saúde, lembra do trabalho já em andamento, para transformar o Hospital Municipal Margarita Morales em UPA – Unidade de Pronto Atendimento Ampliada. “Este ano nós recebemos, da Secretaria Estadual de Saúde, parecer que torna o Margarita Morales elegível para ser transformado em UPA, inclusive já com indicações do fluxo a ser seguido para esta habilitação. São mais recursos e mais infraestrutura para o atendimento que já é bem reconhecido e bem avaliado pela população. Algumas modificações já foram feitas, outras seguem em andamento. Sabemos que o Hospital Municipal Margarita Morales tem este reconhecimento, graças ao empenho da equipe que ali trabalha. A unidade tem recebido constantes melhorias com o intuito de sempre aprimorar a assistência prestada”, afirmou Carlos Mosconi.

Mudanças para o Atendimento na Pandemia

Por meio de uma readequação interna, a sala de emergência foi transferida para uma área maior, possibilitando a ampliação de um para dois leitos, com respiradores e monitores. Trata-se de um ambiente preparado para estabilização de pacientes em estado grave e posterior transferência para as unidades de referência. A estrutura é semelhante à Sala Vermelha, que já existe na UPA do bairro José Carlos.
As mudanças também incluem a implantação de uma suíte de isolamento, para pacientes diagnosticados com quadros infectocontagiosos. Este espaço está em fase final de adaptação. Uma triagem e um consultório funcionam exclusivamente para atendimento de casos de síndromes gripais. Além disso, foram elaborados protocolo e plano de contingência para enfrentamento da Covid-19, inclusive com treinamento constante da equipe, composta por auxiliares, enfermeiros, médicos e fisioterapeutas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.