“Minha terra tem Palmares” propõe passeio histórico pelas ruas da Cascatinha

Você sabia que Dom Pedro II já visitou a Cascatinha? Foi no dia 23 de outubro de 1886, quando o imperador esteve em Poços de Caldas por ocasião da inauguração da Estação de Ferro Mogyana. Ele visitou o famoso ponto turístico da época, a Cascata da Luz, que originou o nome do bairro – Cascatinha -, no Ribeirão de Caldas, nas proximidades do Ginásio Moleque César. Há registro fotográfico do imperador na Cascata da Luz e, segundo a tradição oral, Dom Pedro II teria participado, inclusive, de um piquenique no local.

Jogo em formato de quiz, desenvolvido especialmente para o roteiro, testa os conhecimentos adquiridos pelos alunos

Essas e outras memórias sobre o bairro Cascatinha, a cidade, seus personagens e, em especial, do povo negro que ajudou a construir Poços de Caldas estão sendo resgatadas no 5º roteiro do projeto de educação patrimonial “Você é Poços”, intitulado “Minha terra tem Palmares”, que teve início na última terça-feira (2) e segue até o final de maio.

Alunos da Escola Municipal José Mamud Assan, na zona oeste, foram os primeiros a conhecer o roteiro, que se inicia na Praça Antônio Trindade, a Praça do Zumbi. De acordo com o coordenador do Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, Thiago Quinteiro, que é um dos responsáveis pelo trabalho de pesquisa que embasa o roteiro e mediador desta edição do projeto, a estátua foi implantada em 1995, em alusão aos 300 anos da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, ícone da resistência negra no Brasil. Segundo Quinteiro, a escolha do local para receber a estátua foi feita exatamente por conta da ligação do bairro Cascatinha com a história dos negros em Poços.

“O projeto Você é Poços é uma realização da Prefeitura, com a participação de várias secretarias. Já percorremos diversos pontos da cidade e, agora, nesse roteiro, estamos focados nas memórias e na riqueza do bairro Cascatinha, que é fundamental para a história da nossa cidade, com a presença muito forte da cultura afro, tendo o Zumbi como ponto de partida”, destaca o coordenador do Centro de Referência do Professor, professor e mediador do projeto, Cleiton Corrêa.

O roteiro parte da praça onde está a estátua de Zumbi dos Palmares e segue pelas ruas do bairro até a Biblioteca Júlio Bonazzi. “É um orgulho fazer parte desse projeto. Eu nasci na Cascatinha, passei minha infância e adolescência nesse bairro que tem suas origens negras”, celebra Ailton Santana, o Mestre Bucha, também mediador do projeto e responsável por contar aos alunos participantes um pouco da história cultural da cidade e do protagonismo da Cascatinha em manifestações como as congadas e na formação das escolas de samba.

Durante o roteiro, figuras locais como o jornalista Moleque César, o arquiteto José Piffer e o major Martinho Mourão passeiam por ruas que rememoram personagens históricos nacionais como Ruy Barbosa, Presidente Antônio Carlos, Princesa Isabel e Castro Alves, materializando o contexto no qual as famílias negras de Poços foram construindo suas casas ao longo da Avenida Santo Antônio.

A pujança da Escola de Samba Vivaldinos da Vivaldi, da Turma da Lata e do Flamengo da Cascatinha, segundo time mais antigo de Poços, também marca a narrativa do 5º roteiro do projeto Você é Poços. O tour se encerra com um jogo em formato de quiz, construído especialmente para o roteiro, com mapa e informações do bairro.

O Você é Poços é um projeto de educação patrimonial que visa à aproximação dos moradores de Poços de Caldas com seus equipamentos históricos e culturais, com o objetivo de valorizar e preservar a memória da cidade. O público-alvo é formado por estudantes das escolas municipais, grupos dos programas ofertados pela Secretaria de Promoção Social e convidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *