Poços sedia encontro do Campo Democrático Popular

Promover o diálogo entre movimentos sociais e partidos políticos compromissados com a democracia e a luta por direitos, este é um dos objetivos do encontro do Campo Democrático Popular que será realizado nesta sexta-feira, 12 e no sábado, 13, em Poços de Caldas.

Ao longo da programação estão previstas discussões e pautas convergentes para uma atuação conjunta frente aos ataques autoritários e desmonte neoliberal.

A abertura acontece nesta sexta-feira, às 19h30 no Espaço Cultural da Urca. Já no sábado as atividades serão realizadas no Colégio Nini Mourão a partir das 8h da manhã.

Confira a programação

Sexta-feira – 12 /04 – Salão Norte da Urca (Praça Getúlio Vargas, s/n), das 19h30 às 21h30.

  • Abertura 19h30: recepção, fala de abertura e palestra fazendo uma reflexão sobre o contexto atual, pensando os desafios e articulações possíveis para o campo democrático popular.

– Apresentação e mediação: Gerson Pereira Filho

Palestrante: Angela Tygel

Sábado – 13/04 – Fungotac (R. Santa Catarina, 321 – Centro), salas e quadra, das 8h às 22h.

Manhã

• 8h às 8h15: mística com os Kiriris

Mesas organizadas em frentes:

• 8h15 às 10h – Mesa 01: mobilização e articulação; estratégias legislativas, jurídicas e executivas; comunicação e mídias sociais.

-Mediadora: Nara Ko-Umê Gomes

• 10h30 às 12h15 – Mesa 02: financiamento e suporte de luta; acesso à informação e formação contínua; apoio, proteção e defesa e consolidação de direitos.

– Mediador: Hudson Vilas Boas

Cada mesa será composta por membros de movimentos sociais, instituições de defesa de direitos e partidos, de forma equilibrada. Os membros das mesas devem pautar suas falas recuperando práticas, experiências e ações para estimularem as discussões setorizadas nos grupos que se reunirão à tarde, considerando as seguintes perguntas:

Quais os grandes desafios?

Quais as experiências interessantes?

Como potencializar e inovar?

Tarde

14h às 14h15h: mística com Chico Rei

14h15 às 15h15 – 1º momento

Por setores (educação, cultura, saúde, combate à corrupção, meio ambiente, gênero, diversidade, economia, justiça, segurança pública, emprego, cidades): as reflexões e pontuações realizadas no período da manhã devem ser apreciadas e debatidas para a produção de contribuições, e os grupos por setores devem direcionar os membros para os grupos no segundo momento reunidos em frentes – como organizadas no período da manhã.

15h15 às 17h – 2º momento

Os membros que estavam nos setores vão compor grupos de acordo com as frentes para a construção das propostas/compromissos (orientamos que não sejam em grande número e possíveis de serem efetivadas).

17h às 18h – intervalo e recebimento das propostas/compromissos

18h – apresentação da Carta Referência (com transmissão via Facebook)

– Condução das apresentações: Irinéia Souza e Daniel Tygel

1930h – encerramento com pocket shows: Iúna e Leve.

No encontro pode-se definir a data do encontro de 2020.

Organizadores convidados: Coletivo Pólis, Coletivo Educação, Coletivo Panapanã, Coletivo Marielle Franco, Chico Rei, Coletivo Corrente Cultural, Sindute, Sindserv, militantes da REDE, PSOL, PT, PCdoB, Planeta Solidário, Casa da Árvore, Recriando, A Cidade que Engole Rios, Coletivo Negro, Aliança em Prol da APA da Pedra Branca, Educafro, Coletivo Mulheres pela Democracia e Metabase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *