Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Poços terá Secretaria Municipal de Meio Ambiente

A criação de uma nova secretaria municipal foi divulgada pelo prefeito Sérgio Azevedo na noite desta quarta-feira, 25, durante uma reunião realizada na Associação Comercial e Industrial de Poços de Caldas, ocasião em que foi feito um balanço das propostas elaboradas pelo Fórum Poços de Caldas no período eleitoral.

Criação da Secretaria de Meio Ambiente foi divulgada durante reunião na ACIA – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

O documento foi criado por representantes da ACIA e de outras 19 entidades que elaboram propostas e sugestões a serem seguidas pelos então candidatos a prefeito, bem como melhorias na infra-estrutura, saúde, educação, desenvolvimento, planejamento e segurança. Como Azevedo foi o candidato que venceu as eleições, os integrantes do Fórum se reuniram para que fosse feita a prestação de contas sobre o que foi executado e o que ainda não foi realizado dentro das propostas apresentadas.

De forma geral o prefeito disse que boa parte das propostas apresentada está sendo cumprida e outras ainda estão em andamento justamente por conta da crise financeira. “São propostas apresentadas por quem vivencia a realidade de Poços e algumas também fazem parte do nosso plano de governo e estão em andamento. O problema é a falta de recursos. Temos R$ 100 milhões em projetos que estão em Brasília aguardando liberação. Eu estou fazendo o papel de prefeito e de deputado indo atrás destes recursos. Vou levar todos os projetos para os deputados que tiveram votos em Poços de Caldas pedindo ajuda para liberação de recursos e emendas para o município,” destacou o prefeito.

Empresários reconhecem a dificuldade financeira, mas pedem mais incentivos – foto Poçoscom.com/Roni

E visando mais recursos por meio da arrecadação, em janeiro de 2018 o prefeito vai encaminhar um projeto de lei para Câmara Municipal que cria a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.  Azevedo acredita que a nova secretaria vai facilitar em muito a liberação dos processos ambientais para aprovação de novos empreendimentos no município e desta forma contribuir com o desenvolvimento, geração de emprego e renda. “Poços de Caldas pela sua vocação precisa muito desta secretaria. Em nenhum momento vamos trazer custos para os cofres públicos, pelo contrário vamos trazer receita. Hoje esta receita vai toda para o Estado. Precisamos trazer esta arrecadação para cá e agilizar a aprovação de projetos que hoje é prejudicada pela demora dos processos,” explicou Azevedo. Hoje a liberação de licença ambiental é feita pela Superintendência Regional de Meio Ambiente em Varginha.

Para o presidente da ACIA, Marcio Roberto de Oliveira, o balanço apresentado pelo prefeito foi positivo, porém o setor empresarial precisa de mais incentivos para continuar contribuindo com a geração de renda e de empregos. E isso seria viável com a criação de leis mais modernas e planejamento, principalmente com a atualização do Plano Diretor. “Atualmente o comércio e a prestação de serviços são responsáveis por 70% da arrecadação do município, arrecada mais que o setor industrial e é por isso que precisamos de mais incentivos, com leis atuais que se adéqüem a nossa atual realidade e um Plano Diretor que atenda às nossas necessidades, para que possamos continuar empregando e gerando mais recursos para o município,” disse o presidente da ACIA.

Ainda fazendo um balanço das propostas sugeridas pelo Fórum, foram citados os serviços de pavimentação, melhorias que estão sendo feitas no trânsito, redução de custos com o fim da terceirização de serviços, equilíbrio nas finanças do DME.  O prefeito foi cobrado sobre o investimento no turismo, por mais segurança, situação que deve ser amenizada com a volta do  vídeo-monitoramento com câmeras, prevista em breve.

Os empresários cobraram ainda o andamento dos Poços Fácil, programa que vai facilitar a abertura de novas empresas com a redução da burocracia. A informação é que o programa está em fase de teste e deve ser lançado ainda este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *