Suspeitos de praticar assaltos na Zona Sul são presos pela PM

 

Dois homens que teriam assaltado 4 estabelecimentos comerciais em apenas meia hora na tarde desta segunda-feira, 25, na Zona Sul da cidade foram presos na tarde de hoje pela PM. Os dois também são suspeitos de integrar uma quadrilha que vinha praticando assaltos na região desde o domingo. A quadrilha também está ligada ao assalto a casa de um arquiteto no Jardim dos Estados, ocorrido também nesta segunda-feira.

De acordo com a PM a dupla faz parte de uma quadrilha que tem agido na região

De acordo com a PM depois dos assaltos desta segunda-feira foi desencadeada uma grande operação para prender os envolvidos.

Por meio de uma ação conjunta com a Polícia Civil, foi possível trocar informações e chegar aos suspeitos que estavam escondidos em uma casa no Conjunto Habitacional. No local os militares também encontraram o revolver prateado calibre 32 com todas as munições intactas, escondido debaixo do telhado.  Os dois  foram reconhecidos pelas vítimas dos assaltos.

Uma mulher também foi presa durante a operação. Ela é suspeita de alugar uma motocicleta para a quadrilha.

PM apreendeu a arma usada nos assaltos, dinheiro e celulares

Nos assaltos de ontem os bandidos roubaram ao todo R$ 1.800,00 em uma farmácia, um supermercado e duas lojas no Jardim Kennedy I eII e ainda no Jardim São Bento. Um dos assaltantes entrava nos estabelecimentos armado, rendia os funcionários ou comerciantes e fugia com todo dinheiro do caixa. Um comparsa em um Fiat/Uno azul escuro dava cobertura.

A ocorrência ainda está em andamento e mais informações sobre a prisão de parte da quadrilha que vem agindo na cidade serão passadas pelos comandos do 29º Batalhão de Polícia Militar e da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira, 27, durante uma entrevista coletiva à imprensa.

3 comentários em “Suspeitos de praticar assaltos na Zona Sul são presos pela PM

  • 27 de junho de 2018 em 09:16
    Permalink

    O fdp rouba e ainda acha graça??? Diminuição da idade penal Já!!!

    Resposta
  • 27 de junho de 2018 em 12:24
    Permalink

    A foto apresenta um claro exemplo de psicopata narcisista, que provavelmente levou o comparsa, cabeça de ameba, a cometer os crimes na zona sul. Já está na hora do ordenamento legal e jurídico do Brasil perceber que esses entes existem e devem receber tratamento especializado, como por exemplo, mante-los separados do resto dos criminosos que são recuperáveis – os psicopatas não são, não tem cura para o transtorno de personalidade antissocial. Estes psicopatas com grau de periculosidade alto, ademais com comportamento delitivo bem claro, devem ser afastados para sempre da sociedade.

    Resposta
  • 27 de junho de 2018 em 12:28
    Permalink

    Uma vez na cadeia, os psicopatas deveriam ser estudados com muita atenção para podermos equacionar todo o contexto criminal, e assim achar uma solução para este caos que esta raça maldita nos faz viver.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *