Vacina contra gripe está disponível para toda população

A partir desta segunda-feira, 3, as doses restantes da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe estão a disposição de toda a população, em todo o Brasil, conforme orientação do Ministério da Saúde. A campanha, que começou no dia 10 de abril e terminou na última sexta-feira e tinha como meta vacinar 90% dos grupos prioritários.

Em Poços de Caldas 83,96% do público alvo foi imunizado

Em Poços de Caldas a meta atingiu 83,96% do público alvo, sendo 90% dos idosos, 73,37% das crianças, 74% das gestantes, 93% dos trabalhadores da saúde, 111% dos professores,  com morbidades 45% e puérperas 68%.

Mesmo sendo disponibilizada para toda população, as pessoas que se encaixem nos grupos prioritários, podem procurar por uma das saldas de vacinação para serem imunizadas contra a H1N1.

Entre os grupos prioritários estão as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, professores de escolas públicas e privadas, indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, policiais civis, policiais militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.
A escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Em Minas Gerais, a cobertura vacinal até  encerramento da campanha era de 86,7%.
Até o momento no Estado, já foram confirmados 56 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), causados pelo vírus da Influenza (gripe). Desses casos, quatro evoluíram para o óbito. As mortes, que estão associadas ao vírus Influenza A (H1N1), ocorreram nos municípios de Belo Horizonte (2), Juiz de Fora (1) e Andrelândia (1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *