Browse By

Copa na Escola: Mascote e jogadores da Caldense visitam escola de Poços

 

O Periquitão visitou o Colégio Nini Mourão junto ao goleiro Omar e o zagueiro Rodolfo. Todos foram recebidos com muita alegria por dezenas de crianças, de dois a dez anos. Os atletas foram de sala em sala cumprimentando os alunos, desde a educação infantil até o ensino fundamental.

Visita fez parte do projeto Copa na Escola – foto Renan Muniz

Em seguida responderam perguntas formuladas pelos estudantes do 4º e 5º ano. “O evento fez parte do projeto Copa na Escola, onde os alunos conheceram curiosidades sobre a Copa e tiveram a honra de conhecer dois jogadores profissionais. Foi muito bacana, pois os alunos puderam tirar várias dúvidas sobre o cotidiano de treino dos atletas” – disse o professor de educação física Wagner Silva.

 “Achei muito importante receber essa visita. Tive a oportunidade de perguntar algumas coisas que não sabia sobre futebol e me diverti com o Periquitão” – comentou a aluna Nicole.

Já João Pedro adorou conhecer os jogadores da Veterana. “Sempre assisto aos jogos da Caldense pela TV e às vezes vou ao estádio. Foi a primeira vez que vi um jogador de perto, foi muito legal”.

Os jogadores distribuíram autógrafos, tiraram fotos e foram tratados com muito carinho pela criançada. “É muito bom receber esse carinho pois é um carinho sincero. Muitas dessas crianças têm o sonho de se tornar um jogador. O bate papo que tivemos com eles foi muito proveitoso. Pudemos ver o brilho nos olhos de cada um e isso não tem preço” – falou Rodolfo.

“Um evento super especial. Falamos do clube e sobre a nossa profissão. Isso trouxe muita alegrias à todos. Fomos muito bem tratados e gostaria de agradecer à escola pela recepção e também à Caldense pela ação de aproximar o clube dos jovens” – completou Omar.

Um dos assuntos abordados no evento foi a importância dos estudos para a vida dos jovens e os valores ensinados pelo esporte na formação do caráter de cada um. “A educação é a base de tudo na sociedade e o esporte é um complemento. A criança com a cabeça ocupada, trabalhando o corpo, terá uma mente saudável para se concentrar nos estudos. Então com a presença dos jogadores, além de privilegiarmos o time da nossa cidade, ensinamos muitos valores às crianças” – disse a coordenadora pedagógica do colégio, Raquel Zanetti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *