Browse By

Falha de comunicação pode ter contribuído para soltura de Ditão, diz Polícia Civil

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) divulgou uma nota oficial sobre a soltura de um dos integrantes da quadrilha que comandava o tráfico de drogas no Vila Nova. A Seap esclarece que Kleber da Silva Pereira, de 36 anos, foi desligado do Presídio de Alfenas no dia 3, em função do vencimento do prazo da prisão provisória, que se dá em trinta dias corridos da prisão.

O setor de segurança da unidade prisional seguiu o procedimento de consulta ao Sistema de Informações da Polícia Civil (Setarin) para realizar a soltura. Verificada a ausência de impedimentos em desfavor do detento no sistema da Polícia Civil, ele foi posto em liberdade. Mesmo não havendo impedimento para a soltura de Kleber da Silva Pereira, a Seap abrirá um procedimento administrativo para apurar possíveis inconsistências nos procedimentos.

De acordo com o delegado regional da Polícia Civil de Poços de Caldas, Gustavo Manzoli, que supervisionou as investigações durante a Operação Audacium, o mandado de prisão preventiva tinha sido expedido pela Justiça de Poços de Caldas e estava em processo de remessa para que fosse feito o lançamento no sistema no mesmo dia. Neste período a equipe foi surpreendida com a informação de que Ditão havia sido solto ainda pela manhã. “A Polícia Civil lamenta que esta falha de comunicação tenha ocorrido, evidentemente que terá que ser apurado pela Secretaria de Estado de Administração Prisional,”  disse Manzoli.

Segundo o delegado regional a Polícia Civil também vai instaurar um inquérito policial para apurar o fato e as providências para localizar e prender Ditão novamente serão tomadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *