Comissão encaminha requerimentos ao Executivo sobre estudos de enchentes no Kennedy

Os vereadores, que integram a comissão instituída pela Câmara Municipal de Poços de Caldas, definiram durante encontro realizado no início desta semana como próxima etapa dos estudos sobre as enchentes no Jardim Kennedy, o encaminhamento de requerimentos à Prefeitura. Duas proposições foram aprovadas na reunião ordinária de 20 de agosto.

As proposições apresentadas pela comissão foram aprovadas na última sessão da Câmara

O primeiro requerimento solicita ao Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) envio do estudo da Bacia Hidrológica do município para análise da comissão. Segundo os vereadores, durante a participação de representantes de diversas Secretarias nas reuniões, foi falado sobre a existência de um estudo amplo sobre o tema, fato que poderá auxiliar o trabalho que vem sendo desenvolvido.

A comissão solicitou, ainda, informações da Prefeitura sobre a atual situação de assoreamento dos rios que impactam diretamente na ocorrência de enchentes em alguns pontos do Jardim Kennedy e, também, sobre a situação dos imóveis que foram desapropriados no bairro. A respeito desse último tema, os vereadores questionam se os imóveis estão desocupados, se foram demolidos ou se estão em condição de invasão.

Segundo presidente da comissão, vereador Pedro Gonçalves Magalhães Júnior (PSDB), as informações solicitadas são importantes para conclusão do trabalho. “A comissão se reuniu após o período de recesso para poder fazer alguns encaminhamentos necessários de solicitação de informações a fim de elaborar o relatório final. São informações importantes para que possamos aprofundar e concluir o trabalho. Ao mesmo tempo, houve a necessidade de prorrogar o prazo, porque regimentalmente são 180 dias de trabalho, mas com possibilidade de prorrogação”, afirma.

A Portaria n. 06/2019 nomeou cinco vereadores para os estudos: Pedro Gonçalves Magalhães Júnior – presidente (PSDB), Wilson Rodrigues (DEM), Álvaro Cagnani (PSDB), Lucas Arruda (Rede) e Paulo Tadeu D’Arcádia (PT). De acordo com os parlamentares, a finalidade de todo o trabalho é encaminhar propostas ao Executivo para que a situação, que se arrasta há anos, seja resolvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.