Conteúdo em Língua de Sinais é disponibilizado para aluninhos da Educação Infantil

A Secretaria Municipal de Educação está disponibilizando conteúdos em Língua de Sinais no portal Aprender Brincando, voltado para os pequeninos de zero a cinco anos. Lançado no dia 18 de maio, o site tem atividades dirigidas para os alunos da Educação Infantil, com músicas, brincadeiras, contação de histórias e diversas sugestões de exercícios lúdicos e afetivos para as famílias realizarem com as crianças em casa durante a pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19).

A primeira atividade em Língua de Sinais já está disponível para os alunos da rede municipal

Nesta semana, foi disponibilizada a primeira atividade em Língua de Sinais, tanto para alunos surdos e suas famílias, como para os ouvintes, proporcionando o primeiro contato com a Libras, neste momento de distanciamento social.

Em vídeo, a coordenadora do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Dr. Tarso de Coimbra, Fabiana Scassiotti Fernandes Solia, ensina as cores em Língua de Sinais. O conteúdo foi inserido no contexto da brincadeira “Amarelinha diferente”, que utiliza recortes coloridos em sua execução. A atividade está disponível no link https://bit.ly/2XfuXW0.

Os conteúdos são atualizados semanalmente e novos vídeos em Língua de Sinais serão disponibilizados, com noções básicas que geram empatia, facilitando a comunicação entre surdos e ouvintes, desde a primeira infância.

Tarso de Coimbra
As aulas presenciais no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Dr. Tarso de Coimbra também estão suspensas desde o dia 18 de março. Para promover a acessibilidade dos alunos com surdez e deficiência auditiva às atividades remotas no Ensino Fundamental e Médio, a equipe da unidade trabalha com os conteúdos enviados pela escola regular de origem do estudante, em Língua de Sinais ou oralidade, de acordo com as especificidades de cada caso.

A unidade mantém contato com os alunos e suas famílias por meio de recursos como grupos de Whatsapp e Zoom. “As famílias participam e está sendo um aprendizado para todo mundo. É o reinventar-se enquanto professor. É um desafio para todos: alunos, família, professores. Todos nós saímos da zona de conforto e estamos enfrentando essa nova maneira de trabalhar, buscando outros caminhos e novas estratégias, tendo que aprender a lidar com a tecnologia”, destaca a pedagoga Fabiana Scassiotti, que coordena a unidade.

O Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Dr. Tarso de Coimbra, que completou 60 anos de atividade em 2019, atua em consonância com a legislação e política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. A escola conta com aproximadamente 40 estudantes surdos e com deficiência auditiva, oferecendo atendimento educacional especializado, de forma não substitutiva à escolarização, no contraturno escolar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.