Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Distrito Industrial vai contar com rede de empresas protegidas

Em reunião realizada na manhã da última quinta-feira, 28, na sede da Sul Minas Fios e Cabos, representantes de empresas instaladas no Distrito Industrial do município deliberaram pela criação de uma rede de empresas protegidas, seguindo o modelo das redes de vizinhos protegidos, em parceria com a Polícia Militar.

Rede de empresas protegidas será implantada em parceria entre empresários e Polícia Militar

O encontro, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET), contou com a participação do comandante da 18ª Região de Polícia Militar, Coronel Nélson Alexandre da Rocha Queiroz, do comandante do 29º Batalhão da PM, Tenente-coronel Jardel Trajano de Oliveira Gomes e do comandante da 162ª Cia., responsável pelo policiamento em Poços de Caldas, Capitão Marcus.

“A pauta da reunião de hoje foi definida a partir das demandas apresentadas no encontro anterior, realizado na Mantiqueira Logística, quando os empresários manifestaram sua preocupação em relação a questões de segurança no DI e também sobre o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Quero agradecer a parceria e o trabalho de excelência que vem sendo realizado tanto pela Polícia Militar quanto pelo Corpo de Bombeiros”, destacou o vice-prefeito, Flávio Faria, que é titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

O comandante do 29º Batalhão da PM, Tenente-coronel Trajano, apresentou os números da segurança pública no município, que é o terceiro com o menor índice de criminalidade violenta no Estado. “Atualmente, Poços de Caldas apresenta uma redução de 37% no número de registros de crimes violentos no município em 2019, comparado ao mesmo período de 2018”, informou.

Em relação à segurança no Distrito Industrial, serão implementadas ações em parceria entre a Polícia Militar e as empresas, com a criação da rede de empresas protegidas, que será organizada pelo coordenador de Fomento à Indústria da SMDET, Mateus Lopes. Em breve, os sistemas de videomonitoramento das empresas também serão disponibilizados à PM, em uma ação conjunta de prevenção e combate à criminalidade. A sugestão foi feita pelo representante da Mantiqueira Logística, Denis Salgado Figueira.

“Não temos efetivo para estar presente em todos os lugares. Por isso, temos que aproveitar a tecnologia para nos auxiliar no trabalho”, enfatizou o Tenente-coronel Trajano.

AVCB
O comandante do 6º Comando Operacional de Bombeiros de Poços de Caldas, Cel Giuvaine Barbosa de Moraes, também participou da reunião, acompanhado pelo Major Rodrigo Paiva de Castro, comandante da 1ª Companhia Independente de Bombeiros de Poços de Caldas e pelo Capitão Ênio.

Eles explicaram aos presentes como funcionam os trâmites legais para a emissão do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – AVCB – e puderam responder às dúvidas dos empresários.

Integração
A Prefeitura, por meio da SMDET, tem realizado uma sequência de reuniões no DI, com a participação de empresas em operação e em implantação, para proporcionar e incentivar a integração entre os empresários. A proposta é que as empresas se conheçam e possam levantar demandas em comum relacionadas à estrutura, questões referentes a serviços públicos e outras necessidades específicas, facilitando o relacionamento institucional.

O encontro desta quinta-feira (28) foi realizado na sede da Sul Minas Fios e Cabos. “Estamos no Distrito há dois anos e há mais de 20 anos no município. Revendemos cabos de alumínio de alta tensão e nossos principais clientes são as concessionárias de energia”, explicou a representante da empresa, Sylvia Lago Machado.

Águas Mineiras
O gerente da empresa Águas Minerais Poços de Caldas, Marcos Tadeu de Moraes Sala Sansão, também foi convidado a participar do encontro para apresentar os produtos oferecidos pela empresa pública, que já fornece água mineral de qualidade para diversos comércios e indústrias do município. A empresa foi inaugurada em 1985, com o intuito de explorar as reservas hidrominerais da cidade, já reconhecidas nacionalmente. Todo o processo produtivo, da captação ao transporte, é licenciado e obedece às normas dos órgãos competentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *