Estudantes recebem aula prática de Educação Ambiental

Os estudantes das escolas municipais João Pinheiro e Professora Nicolina Bernardes tiveram uma aula diferente na manhã desta quinta-feira, 17.  Eles participaram de atividades voltadas para o  Projeto de Educação Ambiental, promovido pelo Viveiro de Plantas e Flores da Prefeitura, administrado pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos. Hoje os alunos tiveram contato com flores e até serpentes.

Além de conhecer a rotina do viveiro os alunos também tiveram contato com algumas cobras – foto Secom

As atividades transcorreram em dois turnos: manhã e tarde. Os dois grupos acompanharam parte do trabalho diário no local, como a produção diária de mudas e o desenvolvimento das espécies nos canteiros. A iniciativa conta com participação de policiais militares da 18ª Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente e de técnicos do Serpentário Hillary, da cidade Passos, que conta com apoio da empresa Furnas.

Visitaram o Viveiro, duas turmas de alunos com idade entre 9 e 10 anos, das 4ªs séries das respectivas escolas. Os grupos acompanharam palestra, com temas sobre a importância das árvores para o meio ambiente e o processo de desenvolvimento das espécies vegetais. O assunto foi abordado pela engenheira Ambiental, Isis Alves, responsável pelo Viveiro.

Os estudantes ouviram, ainda, explicações dos trabalhadores do local sobre as espécies e como é feito o plantio nos canteiros e os cuidados dedicados a cada uma delas. O grupo também conheceu a maior estufa do Viveiro e, depois, cada criança plantou uma muda. O exemplar será cultivado no local e, depois, devolvido ao próprio estudante para que cuide e acompanhe o desenvolvimento.

A ideia dos idealizadores é seguir com o projeto, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, para atingir o maior número de unidades escolares da cidade. De acordo com Isa, o objetivo é gerar maior consciência ambiental e mostrar a importância da preservação do patrimônio público às crianças. “Falamos aos alunos, inclusive, sobre o programa ‘Nosso Bairro está de Volta’ da Prefeitura, cujo paisagismo é todo feito com espécies produzidas no Viveiro”, exemplificou.

As professoras, Juliana Gandini Galo e Sílvia Ramos Eloi, da Escola João Pinheiro, acharam super valida a visita, porque junto com as questões de preservação do meio ambiente os alunos puderam observar, na prática, muitas coisas que eles aprenderam na teoria na escola. Para as educadoras, ainda, na volta à sala de aula, será possível trabalhar o conteúdo de forma multidisciplinar, refletindo sobre o tema, debatendo e produzindo vários textos.

Cobras

O Projeto de Educação Ambiental, vai tratar também de espécies de animais peçonhentos. Neste primeiro módulo, pesquisadores do Serpentário Hillary, esclareceram diversas dúvidas dos alunos sobre a preservação das serpentes e a importância da espécie para o equilíbrio da cadeia ecológica e do meio ambiente.

Os estudantes, souberam também dos cuidados que devem tomar ao se depararem com esse tipo de animal e da utilização dessa espécie em importantes pesquisas, inclusive, na área de saúde.

Foram citadas, ainda, algumas espécies de serpentes tipicamente brasileiras, suas características alimentares, habitat, evolução e o grau de letalidade do veneno. Depois, alunos e professores puderam observar e, até, tocar as cobras trazidas pelos técnicos do Serpentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.